icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
16:26

Ídolo na Turquia, o volante Felipe Melo vê com bons olhos uma transferência para a Inglaterra nas próximas janelas de transferências. Para o jogador do Galatasaray, o estilo de futebol lhe agrada. Em entrevista ao site "Sambafoot", ele até revelou que quase parou na Terra da Rainha em 2009.

- O Arsenal queria me contratar, mas a Juventus pagou 25 milhões de euros (R$ 80 milhões) pela minha cláusula de rescisão com a Fiorentina. Quando estava na Juve, também fui abordado por clubes ingleses. Tenho o estilo da Premier League. Sou um guerreiro em campo. Não fecho as portas. Se uma oferta chegar e for boa para Galatasaray...

E MAIS

HOME: Veja as últimas notícias do futebol internacional
Premier League anuncia novo acordo de TV. Confira!

Felipe Melo não revelou uma preferência, mas apontou dois clubes que o chamam a atenção.

- Gosto muito do Chelsea. Sou fã de José Mourinho. E aprecio o Liverpool pelo número de torcedores - declarou.

A relação do brasileiro com a Inglaterra não fica apenas no desejo de jogar no futebol do país. Um dos filhos do volante chama-se Lineker, em homenagem ao segundo maior goleador do English Team.

- Quando tinha seis anos, meu pai anunciou que meu irmão se chamaria Lineker. Ele não gostava do jogador, mas amava o nome. Pedi a ele que não lhe desse esse nome. Meu pai concordou, mas me pediu para o meu primeiro filho se chamar Lineker. Mas meu irmão é Nicolas (risos).

Apelidado de "Pitbull" pelos torcedores do Galatasaray, Melo também afirmou que recebe constantes pedidos de torcedores de Flamengo, São Paulo e Cruzeiro para regressar ao Brasil.

Taxado de vilão da Seleção Brasileira após ser expulso na derrota para a Holanda, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, o volante também afirmou que mantém a esperança de voltar a vestir a Amarelinha.

- Dunga é meu amigo pessoal. Respeito suas convocações. Mas estou aqui - lembrou.