icons.title signature.placeholder Luis Fernando Ramos
02/11/2014
22:07

Um quarto lugar na largada, um quarto lugar no fim. Esse foi desempenho do brasileiro Felipe Massa no GP dos Estados Unidos. Sai do Texas satisfeito? Muito pelo contrário.

– Foi uma pena, tínhamos carro para brigar e chegar no pódio. Acho que era possível manter ele (Daniel Ricciardo) atrás de mim pela nossa velocidade e o ritmo que tínhamos. Em nenhum momento, ele foi mais rápido que a gente – afirmou Massa.

O piloto da Williams afirmou que, apesar de não ter conseguido conter o ímpeto do piloto australiano, a prova valeu pelo “trabalho em equipe”.

– Gostaria de estar no pódio, mas esse foi o melhor que pude fazer. Foi uma boa corrida. Além do mais, os pontos que marcamos para a equipe foram fundamentais – disse, lembrando que a Williams é a terceira no campeonato de construtores, com 238 pontos, contra 196 da Ferrari.

Na temporada, Massa foi ao pódio uma vez, com o terceiro lugar no GP da Itália, no dia 7 de setembro. Agora, a categoria volta sua atenção para o GP do Brasil, em São Paulo. A prova ocorre no próximo domingo. Para Massa, correr no Brasil é especial. O piloto já conquistou duas vitórias na pista (2006 e 2008), além de dois pódios em dez participações. Com que espírito chega à etapa?

– Com o espírito de que fiz uma excelente corrida e tive um ótimo fim de semana. A corrida no Brasil é a mais importante para qualquer brasileiro e principalmente para mim, que adoro a pista e sempre andei muito bem. Tomara que seja o caminho para um ótimo fim de semana – completou o esperançoso piloto brasileiro.