icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
20:55

Ainda faltando duas corridas para o fim da temporada 2013, Felipe Massa ganhou sua festa de despedida da Ferrari neste domingo, no circuito de Mugello, em Florença. Diante de 15 mil torcedores, o piloto brasileiro foi homenageado pela escuderia em que correu durante oito anos.

- Eu fui muito sortudo, tive uma grande carreira na Ferrari, mais longa do que eu tinha sonhado logo no início. Quando comecei a correr em karts, ainda criança, eu tinha um uniforme vermelho da Ferrari e eu sempre torci para a equipe. Mesmo quando Senna estava na McLaren e Piquet na Williams eu estava torcendo pela Ferrari! Nós começamos nossa relação em 2001 e eu corri por eles por oito temporadas, o que foi uma parte muito importante da minha vida. Eu tenho tantos amigos na Ferrari e vou sentir falta deles, assim como vou sentir falta dos bons dias que passei na fábrica em Maranello. Estou feliz com o jeito em que as coisas aconteceram - declarou o piloto, emocionado, durante a homenagem.

Com 32 anos, Massa ainda não está com o futuro definidos para o próximo ano, mas descarta aposentadoria ou pagar para correr por uma escuderia por outra equipe.

- Não sou um piloto frustrado. Tenho 32 anos e ainda tenho gana. A motivação está aí. Irei para onde possa ser um piloto e não para tapar os buracos dos balanços de uma equipe.

Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, elogiou Massa e deixou as portas abertas para um possível reencontro.

- Felipe Massa é um verdadeiro piloto da Ferrari e sempre terá um lugar na história da Ferrari. Creio que os caminhos da Ferrari e de Felipe ainda têm muitas possibilidades de se cruzarem de novo - disse Montezemolo.

A despedida de Felipe Massa nas pistas será no GP de Interlagos, no Brasil, etapa que fecha o Mundial de Fórmula 1.