icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
28/07/2013
15:30

Classificado para a final dos 100m peito, Felipe Lima falou sobre a luta por medalha no Mundial de Esportes Aquáticos. O brasileiro ressaltou a preparação que tem feito nos Estados Unidos e disse estar confiante para a prova nesta segunda-feira.

- Quebrei esta barreira, que era a barreira da minha cabeça. Agora tenho que partir para a prova de amanhã. Tenho um tempo off de manhã que é outra prova e tenho de estar preparado para isso. Minha preparação foi toda feita nos Estados Unidos, eu estou lá desde janeiro de 2010, vou fazer quatro anos lá e minha preparação foi muito bacana. Cheguei no Maria Lenk nadando muito bem e fiz uma preparação muito boa para cá. Estava pronto para fazer um ótimo resultado e fazer o meu melhor tempo aqui. Eu estou confiante e essa confiança está me fazendo voltar tranquilo, isso é muito importante - ressaltou.

Com o melhor tempo na semifinal com a marca de 59s84, Lima destacou também ter conseguido diminuir 59s e chegar à primeira final nos Mundiais que já disputou.

- Há muito tempo eu já estava batendo na trave para baixar de 59s, e isso já estava me catucando na cabeça há algum tempo já, graças a Deus já quebrei a barreira do minuto e fazer no Mundial não é fácil. É o meu melhor tempo da carreira. Isso me traz muita confiança para a final. Este vai ser meu terceiro Mundial e é a primeira vez que alcancei a final - declarou.

O outro brasileiro João Júnior não conseguiu a classificação e não quis falar com a imprensa depois da prova.

Classificado para a final dos 100m peito, Felipe Lima falou sobre a luta por medalha no Mundial de Esportes Aquáticos. O brasileiro ressaltou a preparação que tem feito nos Estados Unidos e disse estar confiante para a prova nesta segunda-feira.

- Quebrei esta barreira, que era a barreira da minha cabeça. Agora tenho que partir para a prova de amanhã. Tenho um tempo off de manhã que é outra prova e tenho de estar preparado para isso. Minha preparação foi toda feita nos Estados Unidos, eu estou lá desde janeiro de 2010, vou fazer quatro anos lá e minha preparação foi muito bacana. Cheguei no Maria Lenk nadando muito bem e fiz uma preparação muito boa para cá. Estava pronto para fazer um ótimo resultado e fazer o meu melhor tempo aqui. Eu estou confiante e essa confiança está me fazendo voltar tranquilo, isso é muito importante - ressaltou.

Com o melhor tempo na semifinal com a marca de 59s84, Lima destacou também ter conseguido diminuir 59s e chegar à primeira final nos Mundiais que já disputou.

- Há muito tempo eu já estava batendo na trave para baixar de 59s, e isso já estava me catucando na cabeça há algum tempo já, graças a Deus já quebrei a barreira do minuto e fazer no Mundial não é fácil. É o meu melhor tempo da carreira. Isso me traz muita confiança para a final. Este vai ser meu terceiro Mundial e é a primeira vez que alcancei a final - declarou.

O outro brasileiro João Júnior não conseguiu a classificação e não quis falar com a imprensa depois da prova.