icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
14/03/2014
12:56

Depois de ser escolhido para a função de Idel Halfen, que se tornou diretor executivo de marketing do Fluminense, Felipe Chagas não deverá mais assumir a posição de vice-presidente da pasta.

O LANCE!Net apurou que o economista e apresentador do programa "Não Conta lá em Casa", do Multishow, chegou a aceitar o cargo, mas uma pressão política impediu a indicação dele para aprovação como novo vice de marketing na próxima reunião do Conselho Deliberativo, situação que deveria ter ocorrido. Dessa maneira, Felipe acabou desistindo de exercer a função.

E MAIS
- Renato acredita que com mais tempo Walter poderia ir à Copa do Mundo
- Técnico pode escalar Walter e Fred juntos pela primeira vez em clássico

Algumas pessoas no Tricolor ainda tentam demovê-lo da ideia e convencer o presidente Peter Siemsen a manter uma indicação futura para ser votada em outra reunião do Conselho, mas a tendência é de que o Fluminense deva buscar um novo nome e anunciar outro vice-presidente de marketing nos próximos dias.