icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2014
08:10

Luiz Felipe Scolari, depois de um hiato de 18 anos, volta hoje a pisar no gramado em que ganhou projeção nacional como treinador. Foi no Heriberto Hülse, em Criciúma, comandando o Tigre, que Felipão ganhou a Copa do Brasil-1991. Agora, como técnico do Grêmio, o reencontro com um símbolo de um passado de conquistas e vaga na Libertadores serve para motivar o treinador a conduzir o time gaúcho à competição sul-americana. A bola rola às 19h30, pela 34 rodada do Brasileirão.

Depois de massacrar o rival Internacional, o Grêmio de Scolari, em quarto, com 57 pontos, está embalado para se consolidar no G4, diante do lanterna. A cidade catarinense é tão ao Rio Grande do Sul que é possível esperar boa presença do público gremista.

A expectativa, porém, não é de jogo fácil contra os catarinenses. Nem ao menos repetir a atuação do Gre-Nal, que tinha suas motivações especiais.

– É uma equipe forte dentro de casa, o torcedor ajuda bastante. Joguei lá e sei que é complicado, apesar de eles estarem em um momento complicado. É um dos jogos mais difíceis que teremos até o final do campeonato. Temos que ir para lá, respeitar o Criciúma, mas pensando nos três pontos – destacou o volante Fellipe Bastos.

Na escalação, Felipão não terá problemas. O treinador pode e deve manter a equipe que entrou em campo na Arena, no clássico 403. A baixa será Fernandinho, que ficou em Porto Alegre por desconforto muscular. Giuliano, que treinou só nesta sexta-feira, viajou e está na delegação.

O Tigre, por outro lado, busca encarecidamente sair da zona de rebaixamento. Quer evitar a queda para a segunda divisão e jogos sólidos em casa são determinantes nesta reta final de Brasileirão. Até porque são pelo menos duas rodadas para alcançar a Chapecoense, primeiro fora da zona.

O técnico Toninho Cecílio não poderá contar com o lateral-esquerdo Giovani, machucado, e com o volante Serginho, suspenso. O time deve ter Martinez no meio-campo e Bruno Cortez na lateral. Além disso, Zé Carlos rescindiu o contrato com o clube após não render o esperado. A dúvida na escalação é se Toninho optará por um meio-campo mais recheado ou velocidade nas pontas.

- Tem a formação que treinei, com o Lucca e o Souza mais adiantados, e tenho a formação que acabou o jogo contra o Cruzeiro. É uma possibilidade, entrando Souza e dois jogadores mais abertos. Fica só essa indefinição: se entra um homem mais aberto ou com formação mais preenchida no meio de campo - destacou.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X GRÊMIO
Local: Estádio Heribert Hulse, em Criciúma (SC)
Data-hora: 15/11/2014 - 19h30
Árbitro: Raphael Claus (Asp-Fifa/SP)
Auxiliares: Daniel Ziolli e Alex Ribeiro (SP)

CRICIÚMA: Bruno; Luís Felipe, Joílson, Fábio Ferreira e Cortez; Rafael Pereira, Martinez (Maurinho), João Vitor e Cleber Santana; Lucca e Souza - Técnico: Toninho Cecílio.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Zé Roberto; Walace, Fellipe Bastos, Ramiro, Luan e Dudu; Barcos - Técnico: Luiz Felipe Scolari.