icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2014
15:49

Felipão encontrou-se com o presidente do Grêmio em São Paulo (FOTO: Gabriela Abrunheiro)

Felipão está de volta ao Grêmio. O ex-comandante da Seleção Brasileira foi confirmado pelo clube gaúcho como treinador no início da tarde desta terça-feira, após o presidente Fábio Koff se deslocar até São Paulo com o advogado Gabriel Vieira para fechar a negociação. O treinador se diz feliz em voltar ao clube que o projetou - desembarca em Porto Alegre nesta quarta-feira e será apresentado às 11h, na Arena.

Além de Felipão, o Grêmio também integra à comissão técnica os auxiliares Murtosa e Ivo Wortmann, ex-técnico. O preparador físico Fábio Mahseredjian continuará no clube, enquanto o interino André Jardine, do time sub-20, será confirmado como integrante fixo da comissão profissional. A relação será mais estreia com a base.

- Estou muito contente e retornar ao clube que sempre tive carinho. Quero realizar novamente um grande trabalho no Grêmio. Estarão junto comigo o Murtosa e Ivo Wortmann que farão um trabalho integrado com a base - disse, via assessoria de imprensa.



Luiz Felipe Scolari volta ao Grêmio para sua terceira passagem pelo clube. Em 87, iniciou sua caminhada dentro do clube, no primeiro grande a trabalhar. Em 93, porém, foi que começou a caminhada com os maiores títulos com as cores gremistas: Copa do Brasil em 94, Libertadores em 95 e Brasileirão em 96. Ganhou ainda os Gauchões de 87, 95 e 96.

O treinador chega três semanas após levar a goleada por 7 a 1 da Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo, no maior vexame da história da Seleção Brasileira. A ideia inicial de Felipão era tirar um período de folga, mas foi convencido por Koff. O tempo de contrato ainda não foi divulgado pelo Tricolor.