icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
14/02/2015
20:00

A coisa não anda nada bem para o Grêmio. Após a derrota por 1 a 0, neste sábado, para o Veranópolis, em plena Arena do Grêmio, o técnico Felipão explicou sua inusitada atitude de deixar o campo antes de a partida acabar. 

- Eu me expulsei. Mais vergonha do que isso, impossível passar. Não fizemos nada, o time adversário, de novo, tomou conta do jogo. Não aproximamos. É difícil o que está acontecendo. Faltando três ou quatro minutos, vim embora. Queria ficar de cabeça fria para não tomar uma atitude errada. A equipe adversária se postou bem, não conseguimos jogar, de novo. 
 
Visivelmente incomodado com a derrota, Felipão garantiu que não é só a torcida que está com vergonha do futebol apresentado pela equipe.

- Se a torcida estava envergonhada, eu muito mais. Vou trabalhar, fazer o que sempre fiz. Se perguntarmos aos nossos jogadores, estão com a mesma vergonha. É continuar, sim. Tentar melhorar, sim. E ver o que vai acontecer.

Outros atletas do Grêmio também falaram sobre o resultado negativo deste sábado. Sucinto, Luan não quis se prolongar sobre o assunto.

- Falar nada dessa derrota aí. Horrível.

Já Marcelo Grohe lamentou o momento ruim do Imortal na temporada (o Grêmio tem três derrotas e duas vitórias no Campeonato Gaúcho)

- Tudo que a gente falar agora vai ser em tom de desculpa. Não sei o que dizer, sinceramente. Sentimento de tristeza por tudo que está acontecendo, e vamos seguir trabalhando para que tudo possa melhorar.