icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
16/06/2014
15:22

A definição sobre a presença de Hulk contra o México será confirmada ou não somente na terça-feira, data da partida em Fortaleza. Antes do início do treino de reconhecimento do gramado na Arena Castelão, nesta segunda-feira, Felipão não revelou se há boas chances de o atacante estar em campo e fez mistério.

- Sobre Hulk já foi emitido o comunicado sobre o que ele fez de manhã. Esperamos o contexto total dessa situação para avaliar antes do jogo. É isso que irá acontecer - explicou o técnico.

Mesmo sem vetar ou não a participação do camisa 7, o treinador já disse ter quase definido o possível substituto. Ao comentar sobre o que a equipe perderia com a ausência do titular, Felipão citou uma mudança de sistema. E a partir da análise feita sinalizou que Ramires deverá ser escalado caso Hulk esteja fora.

- Já estou com quase um (jogador) fechado. Não terá problema algum. Se houver dificuldades com Hulk, muda totalmente o sistema com que jogamos há muito tempo. Ele se posiciona pelo lado direito e esquerdo. O jogador que for escolhido tem características diferentes que podem acrescentar à equipe como velocidade, marcação mais forte, forma de posicionamento que poderão nos ajudar contra o México. Tenho 23 atletas bem escolhidos e não haverá problema algum - avisou.

No coletivo de domingo, quando Hulk deixou a atividade na Granja Comary, Ramires foi o escolhido para ficar com a vaga do atacante.

Nos treinamentos anteriores em Teresópolis, Bernard era o jogador que costumava exercer função semelhante a do titular no time reserva. Ele, inclusive, entrou no lugar de Hulk no decorrer do segundo tempo diante da Croácia, na quinta-feira passada.