icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
13:00

A cem dias da Copa, Felipão não quer saber de jogador se poupando até o Mundial. É isso mesmo. Por mais que pareça uma tendência controversa, o técnico da Seleção Brasileira prefere ver todos os jogadores em ação sempre que puderem até o Mundial, em especial aqueles que atuam no futebol nacional.

- Desde já quero acrescentar a vocês e a todos no Brasil. Defenda o clube, morra pelo clube, faça todo o esforço possível. O jogador só é chamado para a seleção pelo que faz no seu clube. Fulano sabe que se se poupar no clube eu posso não levar (para a Copa) - disse o treinador, em coletiva após o treino na África do Sul, onde a Seleção faz um amistoso nesta quarta-feira.

O recado é especialmente para o atacante Fred, que está tentando voltar à forma depois de um período afastado dos gramados por lesão no Fluminense. Além de Fred, a Seleção atualmente conta com o goleiro Jefferson e o atacante Jô como representantes do futebol nacional.

Sobre o amistoso contra os Bafana-Bafana, o último jogo antes da divulgação da lista para a Copa-2014, Felipão confirmou que vai dar espaço ao lateral-direito Rafinha e ao volante Fernandinho para mostrarem serviço.

- O foco principal neste jogo é que a gente mantenha o mesmo estilo que conseguimos na Copa das Confederações. Claro que tenho uma observação especial com o Rafinha e Fernandinho, porque é a primeira vez trabalho com eles - emendou o treinador, explicando o motivo de fazer um jogo contra a África do Sul a pouco mais de três meses da Copa:

- A ideia quando fomos convidados a jogar contra África do Sul é poder jogar com a escola africana porque vamos enfrentar Camarões, que sempre que participou da Copa participou bem e com qualidade. E os respeitamos.

Brasil e África do Sul se enfrentam no Soccer City, nesta quarta, às 14h (de Brasília). A partida terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.