icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
09:03

A improvisação de Daniel Alves na lateral esquerda no segundo tempo da goleada do Brasil sobre a África do Sul, na quarta-feira, não pressupõe que Luiz Felipe Scolari poderá não ter um reserva de ofício para a posição na Copa do Mundo.

O próprio treinador admitiu após o jogo que a intenção é ter dois suplentes: um para a direita e outro para a esquerda.

- Foi um teste que fiz porque em um jogo qualquer posso precisar e gostei daquilo que vi. Vou tentar levar dois de cada posição - adiantou o treinador.

Na direita, Maicon e Rafinha disputam um lugar para ser reserva de Daniel Alves. Na esquerda, por sua vez, o suplente de Marcelo está entre Maxwell e Filipe Luis. O lateral do Atlético de Madrid, porém, não é convocado desde a conquista da Copa das Confederações, em julho do ano passado.

- Eu estou satisfeito com o Maxwell e o Felipe Luis, quem já convoquei. Não poderia testar outro lateral-direito, porque queria ver o Rafinha jogar a partida toda, mas também não poderia deixar Daniel no banco - explicou Felipão.