icons.title signature.placeholder Gabriel Cassar e Jonas Moura
20/02/2015
21:11

João Souza, o Feijão (88º do mundo), batalhou muito, mas não foi capaz de derrotar o austríaco Andreas Harder-Maurer (78º) nas quartas de final do torneio de simples do Aberto do Rio, no Jockey Club. O brasileiro perdeu na noite desta sexta-feira por 2 sets a 1, parciais de 6-7 (4), 6-1 e 4-6, e acabou com a última esperança do Brasil no torneio. Ele também perdeu a chance de se tornar o tenista número um do país.

Uma vitória faria com que Feijão superasse Thomaz Bellucci no ranking da ATP. O paulista começou a disputa na 64ª posição, mas, por ter sido eliminado na estreia, quando caiu diante de Rafael Nadal (1º) por 2 a 0, perderá 90 pontos na próxima atualização, já que defendia uma quartas de final de 2014.

Nas duplas, o Brasil também ficou sem representantes. Bruno Soares e Alexander Peya foram derrotados por Pablo Andujar (ESP) e Oliver Marach (AUT) por 2 a 1 (1-6, 6-4 e 7-10). No feminino, Bia Maia/Teliana Pereira acabaram eliminadas por WO após desistência da primeira, que sofreu com cãibras na coxa esquerda na derrota para Sara Errani (16ª) na chave de simples.

O primeiro set começou igual, com os tenistas confirmando os serviços. A primeira quebra veio no quinto game, quando Maurer se aproveitou dos excessivos erros de Feijão para fazer 4 a 2. Embalado pela torcida, que começava a encher a quadra central, o brasileiro deu o troco no austríaco e confirmou na sequência, empatando em 4 a 4.

A partida, então, foi para o tie break. Com um aproveitamento melhor nos saques, Maurer fechou em 7-4 e levou a primeira etapa. 

No segundo set, já com a arena lotada de torcedores, Feijão começou impecável, confirmando seu serviço duas vezes e quebrando o austríaco, abrindo 3 games a 0. A partir dai, o brasileiro confirmou seus saques e quebrou Maurer mais uma vez, fechando a segunda parcial em um inquestionável 6-1. Durante o jogo, Maurer sofreu com as provocações da torcida brasileira, que deixou a quadra central do Aberto do Rio parecida com um estádio de futebol.

Embalado pelo bom momento, Feijão abriu o 3º set quebrando o serviço do austríaco. No 2-1, o adversário do brasileiro pediu atendimento médico. Na volta, Maurer melhorou na partida e conseguiu quebrar o saque do brasileiro no 6º game, empatando a partida em 3 a 3. 

O equilíbrio prevaleceu até o 5-4, quando o jogador da Áustria conseguiu quebrar o saque de Feijão e levar a partida. Maurer agora vai encarar o espanhol David Ferrer (9º) na semifinal deste sábado.