icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
03/02/2015
17:44

Número dois do Brasil e 113 do mundo, João Souza, o Feijão (Taesa/Asics/Wilson), teve um apagão na partida de estreia contra o colombiano Alejandro Falla, 122º do ranking, na estreia do ATP 250 de Quito, no Equador, e acabou eliminado de virada.


Falla precisou de 2h27 para fechar o placar em 6/7 (7/3) 6/1 6/4 tendo convertido quatro aces contra cinco do brasileiro, que cometeu 12 duplas-faltas contra 10 do colombiano. Ponto deficiente do brasileiro, o primeiro serviço foi encaixado em apenas 47% contra 50% de Falla.


Jogando contra o vento e com a altitude a favor de fortes saques, o brasileiro começou servindo bem e pressionando o adversário, que resistiu muito até ter seu serviço quebrado no oitavo game e ver o brasileiro sacar para fechar o primeiro set. Aí, o brasileiro vacilou, cometeu três erros não-forçados e foi quebrado. Falla manteve-se firme, conquistou nova quebra e abriu 6/5, mas sacou mal, cometeu duas duplas-faltas e viu a parcial ir ao tiebreak. Nele, o brasileiro manteve-se firme, abriu vantagem e fechou o primeiro set.


No set seguite Falla mudou de postura, como disse na saída de quadra: "forçei João a cometer erros". A tática deu certo, errando e muito nervoso, o brasileiro viu o rival abrir 3/0 no placar, desperdiçou algumas chances de quebra, mas acabou caindo com 6/1.


A terceira etapa foi parecida com a segunda, melhor na partida, Falla abriu 3/0 e mesmo em games apertados administrou a vantagem. Sacando com 5/2 para a partida, Falla sentiu a pressão e teve o saque quebrado, mas não desperdiçou na segunda oportunidade e se garantiu na segunda rodada do torneio.


Na próxima fase, Falla aguarda por rival que sai da aprtida entre o italiano Paolo Lorenzi e o espanhol Adrian Menendez Maceiras.