icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/06/2014
20:50


Será difícil esquecer o dia 26 de junho de 2014 na Argélia. A classificação da seleção africana às oitavas de final da Copa do Mundo no Brasil entrou para a história, assim como o meia e camisa 10 Feghouli destacou após o jogo diante da Rússia, nesta quinta-feira.

Feghouli, jogador do espanhol Valencia, nasceu em Levallois-Perret, na França, e chegou a defender as seleções de base do país europeu antes de optar pela Argélia, em 2011. Ele já imaginava uma boa participação no Mundial disputado em solo brasileiro.

– Entrei na seleção há três anos e meu objetivo principal era fazer uma grande Copa e fazer história. Foi o que a gente fez. Então, a gente passou para as oitavas de final. É um orgulho para nós essa qualificação. Em nome de todos os argelinos, todos árabes e muçulmanos – disse Feghouli, antes de completar:

– Nós temos os fãs que estão nos ajudando e, com muito orgulho e garra, passamos para as oitavas de final.

Agora, a Argélia terá pela frente a Alemanha nas oitavas de final. O duelo acontecerá na próxima segunda, no Beira-Rio, às 17h.