icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
09/11/2013
15:09

Roger Federer (7º do ranking mundial) está na semifinal das Finais da ATP de Londres (ING). Na tarde deste sábado, na Arena O2, o suíço conseguiu uma vitória heroica sobre Juan Martín del Potro para ficar com a segunda posição do Grupo B.

Em uma emocionante batalha de 2h26, na qual apresentou diversos altos e baixos Federer conseguiu a virada e saiu com o triunfo por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 7-6 (7-2) e 7-5. O detalhe é que o suíço começou todos os sets em desvantagem.

Com o resultado, Federer terá pela frente na próxima fase o seu maior rival, o espanhol Rafael Nadal (1º), às 12h (de Brasília). Quem vencer, enfrentará na decisão Novak Djokovic (2º) ou Stanislas Wawrinka (8º).

Com a Arena O2 entupida, o jogo teve clima de Copa Davis, com inúmeras bandeiras da suíça nas arquibancadas e gritos de euforia a cada ponto conquistado por Federer, que conseguiu sua segunda vitória consecutiva sobre Del Potro.

O JOGO

Federer começou a partida muito mal. Com erros excessivos e baixo aproveitamento no saque. Não à toa, foi quebrado logo na primeira vez que teve o serviço a seu favor.

No segundo game, o suíço teve uma chance para devolver a quebra igualar o marcador, mas Del Potro conseguiu se safar bem para abrir 2 a 0.

Três games mais tarde, Federer voltou a ficar irreconhecível e permitiu que o argentino abrisse 4 a 1 com bastante tranquilidade, ao obter mais uma quebra.

O suíço só entrou para valer no jogo no oitavo game, quando Del Potro sacava para fechar o set. Mas, em seu melhor momento na parcial, Federer não permitiu que o adversário marcasse nenhum ponto e devolveu uma das quebras.

Com o placar em 5 a 4 a seu favor e pressionado pelo fato de Federer ter ganho três games em sequência, Del Potro teve mais uma chance de fechar o set em seu serviço. E ele quase bobeou. Chegou a ter dois break points contra, mas com alguns aces em sequência fez 6-4 e largou na frente.

O segundo set começou como o primeiro. Depois de fazer 1 a 0, Del Potro conseguiu quebrar Federer pela terceira vez na partida e fazer 2 a 0. O game foi decidido após Federer jogar uma direita fácil na rede.

Mas Del Potro não soube aproveitar a vantagem construída. Quando vencia por 3 a 2, perdeu seu saque sem vencer nenhum ponto e ainda cometeu uma dupla falta quando tinha 0-40.

Depois, os dois tenistas confirmaram seus saques e o jogo teve de ser decidido no tie break.

Federer elevou o nível e conseguiu dois mini-breaks para fechar com autoridade por 7 a 2.

Logo no início do terceiro set, Federer voltou a demonstrar sua inconsistência e colocou-se em um grande buraco ao perder os três primeiros games.

Mas o suíço mais uma vez reagiu e transformou a partida em uma batalha de nervos e lindos pontos. Elevando o nível novamente, Federer conseguiu empatar em 3 a 3.

A partida seguiu acirradíssima e no 11º game, o suíço obteve mais uma quebra. Sacando em 6-5, Federer precisou salvar um break points antes de conquistar o triunfo com um belo ace.

O repórter viaja a convite da ATP