icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/04/2014
12:45

Jo-Wilfried Tsonga bem que tentou ser algoz de Roger Federer mais uma vez no saibro. Porém, após eliminar o astro suíço nas quartas de final de Roland Garros no ano passado, o francês não conseguiu repetir o feito no Masters 1.000 de Monte Carlo.

Nesta sexta-feira, Federer por pouco não viu o pesadelo de Roland Garros se repetir. Mas, com o habitual talento nas quadras, o número cinco do ranking mundial virou um duro embate com o 12º colocado e venceu por 2 sets a 1, parciais de 2-6, 7-6 (8-6) e 6-1, pelas quartas de final

O primeiro set foi o diferencial de Tsonga, onde ele pressionou Federer até o fim e obteve duas quebras seguidas para fechar rapidamente a parcial. No segundo set, jogo duro e tie-break, onde Federer quase deixou a peteca cair, mas venceu por 8-6.

Daí em diante, só deu Federer. Com duas quebras logo no início, ele abriu 4-0 e Tsonga não teve forças para reagir. Com um 6-1, Federer obteve um lugar nas semifinais.

O adversário do suíço sairá do confronto entre o espanhol Guillermo Garcia-Lopez e o sérvio Novak Djokovic, em partida que iniciaria logo após a vitória do suíço.