icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
14:21

Em má fase no Palmeiras, o atacante Leandro, um dos destaques do time na campanha do título da Série B do Brasileiro no ano passado, lamentou chance perdida cara a cara contra o Ituano. 

- Claro que fez falta. Se tivesse feito, no mínimo, seria 1 a 1. Todos erram gol. Não vai ser nem o primeiro nem o último que vou perder. Errei na hora do domínio, até conversei com Mendieta depois - afirmou.

Ano passado, Leandro foi o artilheiro do Verdão na temporada, com 19 gols, mas tem um início ruim este ano. São apenas dois gols, um no Paulistão (na goleada de 4 a 1 sobre o Atl. Sorocaba) e outro na Copa do Brasil (vitória de 1 a 0 sobre o Vilhena). O atacante ainda ficou fora por quatro partidas devido a um corte na perna. Leandro precisou levar sete pontos no ferimento. O técnico Gilson Kleina acha que a lesão ainda atrapalha as atuações do atacante.

- Depois que ele teve aquela lesão, ainda está retornando. No ano passado ele foi o artilheiro. É um jogador que tem totais condições de ser aquele jogador que ele era. A conversa que eu tive com ele foi a seguinte. "Leandro, o gol às vezes cria ansiedade, um bloqueio, mas você tem recurso, habilidade e finalização." A fase do jogador pode ser ruim, mas tem que passar. Não quero transferir responsabilidade para ninguém, é um momento para refletir - concluiu Kleina.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira, quando faz o jogo de volta da Copa do Brasil contra o Vilhena, às 22h, no Pacaembu. No jogo da ida, foi Leandro quem fez o gol do Palmeiras na vitória pelo placar de 1 a 0. Empate ou derrota por um gol, desde que marque, classificará o Palmeiras para a segunda fase. 

Ex-corintiano marca e Ituano elimina o Palmeiras no Paulistão