icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
12/06/2014
07:01

A busca do Corinthians pelo atacante Marcelo, do Atlético-PR, conta com um grande entusiasta diretamente da cidade paranaense de Maringá. Cesarino Cirino, pai do jogador de 22 anos, não torce pelo Timão, mas quer que o acerto se concretize pela felicidade do filho. Este, sim, é torcedor do clube paulista desde a infância, apesar de ter nascido no interior do Paraná. E, de acordo com Cesarino, ficaria feliz com o sucesso do negócio.

- O povo fala dele no Corinthians já faz tempo, mas ele só me passa o que o empresário dele diz que é concreto. Por enquanto nós estamos esperando... Toda a vida o time preferido dele foi o Corinthians. Não sei se isso interfere, porque ele é profissional há muito tempo, mas eu acho que ele vai gostar de jogar no time de infância dele - disse Cesarino Cirino, pai do jogador, ao LANCE!Net.

Atualmente, Marcelo se recupera de uma lesão na coxa esquerda, e ainda não deixou a capital do Paraná. Seu Cesarino e Dona Maria José esperam receber o filho em casa nesta sexta-feira, para passar o restante da folga na pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo. Depois disso, será necessária a tomada de uma decisão, já que o atacante tem cinco jogos no torneio - com mais dois, fica impossibilitado de defender outro clube na temporada.

Com ajuda de investidores, o Corinthians fez uma oferta de 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 24 milhões), e deseja comprar 50% dos direitos de Marcelo, destaque do Atlético-PR no Brasileirão do ano passado. O contrato atual com o Furacão é válido até o fim de 2016.