icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2013
10:28

Dentro do esperado. É como o rendimento de Alex e Scocco vem sendo considerado por Luis César Souto de Moura até o momento. De acordo com o diretor do Internacional, o fato de ambos terem chegado durante o segundo semestre iria comprometer seu rendimento – em especial, Alex, que atuou durante um ano no Qatar.

– Não podíamos imaginar que o Alex que conhecíamos pelo seu rendimento, mas que só está com 85% da sua forma física ideal, pudesse estar recuperado fisicamente para render o máximo neste ano. Por isso ele não assinou até dezembro de 2013 – disse Souto de Moura ao LANCE!Net.

A isenção se estende ao atacante Scocco:

– Chegou sem férias, pré-temporada, e não esperávamos que rendesse o máximo. O planejamento foi feito para a segunda gestão do presidente (Giovanni) Luigi, entre 2013 e 2014.

Sem o Beira-Rio, o Inter teve dificuldades financeiras para contratar e priorizou o setor ofensivo este ano, de acordo com Luis César.