icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/02/2015
00:37

Assim como Paulo Henrique Ganso, o atacante Luis Fabiano esbravejou contra a arbitragem de Ricardo Marques Ribeiro, após derrota para o Corinthians por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena. Segundo o atacante são-paulino, lance que originou o segundo gol do Timão teve infração de Emerson Sheik no lateral-direito Bruno.

– Ele (árbitro) falou que não foi falta. Infelizmente teria que colocar árbitro que aguenta pressão, não que caia na pressão. Mas é sempre assim, na dúvida é sempre para o adversário. Jogar fora de casa é sempre muito difícil, mas tem muita coisa ainda para acontecer. Não vai acabar aqui, não – afirmou.

[[GAL:LANPGL20150219_0001]]

Minutos depois do segundo gol sofrido, Luis Fabiano se envolveu em uma disputa com o zagueiro Gil, e acabou recebendo o cartão amarelo por reclamação. O árbitro pediu calma ao atacante, que retrucou e foi punido por isso Nas últimas competições internacionais disputadas pelo São Paulo o atacante foi expulso: Copa Sul-Americana (2012 e 2014) e Libertadores (2013), desfalcando o Tricolor nos torneios da Conmebol.

Apesar de reclamar da arbitragem, Luis Fabiano deixou claro que a equipe são-paulina não fez um bom duelo contra o Corinthians. Segundo o camisa 9, Tricolor não conseguiu jogar. 

- A gente no primeiro tempo foi pressionado e aceitou a pressão, tomamos um gol na bobeira. Depois a equipe parou, tocou a bola. Faltou ter jogadas de linha de fundo. Tem que tirar como lição, tem duas em casa e estaremos na briga. Às vezes você não consegue, pela tática do adversário, armar jogadas, criar espaço, o adversário deixa poucos espaços e isso dificulta nossa maneira de jogar. Derrota é duro, clássico, Libertadores, mas está apenas começando - finalizou.

*Atualizado às 00h56