icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
19:06

O Cruzeiro precisava somente de dois empates com o Atlético-MG para chegar ao título do Campeonato Mineiro e assim o fez. Nas partidas diante do arquirrival, disputadas no Estádio Independência e no Mineirão, Fábio não teve a sua meta vazada e, além de campeão, terminou com a defesa mais consistente do torneio.

Ao término da partida, o goleiro ressaltou a dedicação de seus companheiros de equipe, sobretudo na parte defensiva.

– O importante é a dedicação. As duas equipes têm jogadores de qualidade. A equipe do Cruzeiro está sempre concentrada. Então, é sempre difícil fazer gols – disse.

Às vésperas das oitavas de final da Copa Libertadores, diante do Cerro Porteño (PAR), o capitão cruzeirense lembra que este é um dos principais meses da temporada cruzeirense. Ele ainda celebra pelo início com um troféu.

– É um mês difícil e de muita luta, mas sabíamos que poderíamos ser campeões. A partir de amanhã, começa outra disputa acirrada em mata-mata. Temos que chegar fortes – afirmou o camisa 1, que ainda completou:

– Temos que ter força e manter o respeito por todos os adversários. A gente tem que entrar forte no Mineirão. Deus vai nos abençoar para fazermos belos jogos.

Cruzeiro comemora título mineiro depois de clássico sem gols