icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
16:02

A piloto Fabiana dos Santos, da equipe feminina de bobsled, está em Calgary, no Cabadá, há um mês para melhorar seu desempenho no esporte de inverno. A atleta, que faz intercâmbio com o técnico Cristiano Paes, prometeu não desperdiçar a oportunidade dada pela Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG).

- Estou treinando bem, me sentindo forte e veloz. Sei que tenho muito para melhorar, mas em pouco tempo posso dizer que já estou mais confiante. Os atletas no Brasil estão treinando também e quando juntarmos novamente o grupo, espero passar para eles um pouco do que estou aprendendo - disse Fabiana, que é a única piloto de bobsled brasileira credenciada.

Após seis meses de intervenção na CBDG, que teve seu ex-presidente, Eric Maleson, acusado de falsificação de documentos e desvio de verbas, a entidade já tem um mandatário eleito, Emílio Strapasson, e buscará um número recorde de competidores na cidade russa.

Mesmo assim, Fabiana fez questão de ressaltar que não se assusta com a proximidade da Olimpíada de Inverno, que será em 2014, em Sochi, na Rússia. A atleta sonha com a disputa de sua primeira Olimpíada:

- Estamos fazendo o possível para não ficarmos para trás, apesar do curto tempo. O nosso objetivo não é pequeno e não acaba em 2014, queremos continuar o trabalho para 2018. Temos um novo presidente, novo técnico e atletas interessados, que, assim como eu, estão focados nas competições que nos levarão a Sochi no ano que vem.

A piloto Fabiana dos Santos, da equipe feminina de bobsled, está em Calgary, no Cabadá, há um mês para melhorar seu desempenho no esporte de inverno. A atleta, que faz intercâmbio com o técnico Cristiano Paes, prometeu não desperdiçar a oportunidade dada pela Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG).

- Estou treinando bem, me sentindo forte e veloz. Sei que tenho muito para melhorar, mas em pouco tempo posso dizer que já estou mais confiante. Os atletas no Brasil estão treinando também e quando juntarmos novamente o grupo, espero passar para eles um pouco do que estou aprendendo - disse Fabiana, que é a única piloto de bobsled brasileira credenciada.

Após seis meses de intervenção na CBDG, que teve seu ex-presidente, Eric Maleson, acusado de falsificação de documentos e desvio de verbas, a entidade já tem um mandatário eleito, Emílio Strapasson, e buscará um número recorde de competidores na cidade russa.

Mesmo assim, Fabiana fez questão de ressaltar que não se assusta com a proximidade da Olimpíada de Inverno, que será em 2014, em Sochi, na Rússia. A atleta sonha com a disputa de sua primeira Olimpíada:

- Estamos fazendo o possível para não ficarmos para trás, apesar do curto tempo. O nosso objetivo não é pequeno e não acaba em 2014, queremos continuar o trabalho para 2018. Temos um novo presidente, novo técnico e atletas interessados, que, assim como eu, estão focados nas competições que nos levarão a Sochi no ano que vem.