icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
09:48

A expulsão na vitória por 3 a 0 sobre o Joinville, nesse sábado, foi a terceira do atacante Leandro na Série B. A indisciplina do jogador, que já incomoda seus colegas de Palmeiras, será alvo de uma conversa dele com o técnico Gilson Kleina nos próximos dias.

- Não deu tempo de conversar com ele ainda, mas claro que vou conversar. Minha reclamação é sobre o primeiro cartão, por reclamar, não tem motivo e já conversamos. Ele tem que se cuidar e ter equilíbrio. Ele sabe que é diferente, nos ajudou com o gol, mas tem que se cuidar e ter equilíbrio - disse o comandante, lembrando que foi do camisa 38 o primeiro gol da vitória.

Advertido com o cartão amarelo por reclamação, Leandro foi expulso após cometer uma falta no meio de campo. O mesmo já havia acontecido contra Oeste e Bragantino, fatos que fizeram o jogador pedir desculpas públicas à torcida. O goleiro Fernando Prass, um dos líderes do elenco, crê que não será suficiente conversar com ele se não houver mudança de postura.

- Alguma coisa está errada, né? A conversa existe, mas o atleta também tem que perceber isso e se policiar neste aspecto - disse ele, que teve o discurso endossado pelo atacante Vinicius.

- O juiz só deu o segundo cartão para o Leandro porque ele já tinha levado o primeiro. Uma falta no meio de campo daquela não merece amarelo. Estamos conversando com o Leandro para ele ficar tranquilo com isso, ele é um cara muito importante para nós.