icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/11/2014
14:32

Em Porto Alegre, todas as atenções estão voltadas para o clássico entre Grêmio e Internacional, neste domingo, na Arena, pelo Brasileirão. Além da rivalidade, a partida ainda tem uma pitada a mais de importância, já que os dois times brigam por uma vaga no grupo que dá uma vaga para a Libertadores e o Inter ainda sonha com o título. Porém, o meia D' Alessandro disse nesta quinta-feira que o jogo não tem nenhum mistério e o Colorado conhece todas as coisas que acontecem no duelo.

- Então, é só mais um Gre-Nal. Na nossa história, na história do Inter e do Grêmio também. Importante sim, porque temos que atingir nosso objetivo, que era o título, mas está distante. Mesmo assim a gente continua brigando lá em cima. Domingo é outro jogo, onde já sabemos o condimento que tem o Gre-Nal. Como o torcedor joga o Gre-Nal fora de campo, como a gente joga dentro. Não tem mistério. O futebol já está inventado, não tem nenhum mistério – disse o meia, afirmando ainda que não muda sua rotina em semana de Gre-Nal.

- Faço as mesmas coisas. Claro que, quanto mais perto do jogo, você se concentra mais. Fica concentrado nas coisas que, nesse caso o nosso grupo tem que fazer. Nos treinamentos a gente faz alguma coisa que pode usar dentro do jogo para tirar vantagem das nossas armas. Faço minha vida normal, ando pela rua e não mudo muita coisa, até porque nunca mudei. Mas o clima é especial na rua, sentimos o torcedor diferente – destacou D'Ale.

O craque colorado evitou comentar as declarações do diretor de futebol do Grêmio, Duda Kroeff, de que o Grêmio venceria o clássico neste domingo.

- Prefiro deixar fora tudo isso. Não vou responder nada, até porque nunca respondi. Cada um opina, democracia é bom e a gente gosta. Eu quero saber o que a gente vai fazer e como vamos nos comportar na Arena de novo. Não vou citar o resultado, mas nós já jogamos lá – disse.