icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
19/07/2013
07:08

Nesta sexta-feira, 19 de julho, Juninho Pernambucano deverá ter confirmada sua reestreia pelo Vasco, justamente no dia em que completa exatos 18 anos que vestiu a camisa cruz-maltina pela primeira vez. Se hoje o Reizinho vive a expectativa por escrever os últimos capítulos de sua vitoriosa história, naquela ocasião, ele ainda entrava em campo como mero plebeu, sem contrato assinado e eufórico pela chance de defender o Gigante da Colina.

Contratado junto ao Sport, Juninho chegou ao Rio de Janeiro em julho de 1995. Mas logo recebeu um pedido para viajar até Natal e encontrar com o restante do grupo vascaíno, que fazia uma excursão pelo Norte e pelo Nordeste do país, algo bastante comum naquela época.

Juninho, então com apenas 20 anos, atendeu ao pedido e disputou seguidos amistosos pelo Vasco. Mas, curiosamente, ainda sequer havia assinado contrato com o clube. Isso aconteceu somente semanas depois, ao fim da excursão.

A estreia de Juninho, no dia 19 de julho de 1995, foi contra o Corinthians de Caicó, em Natal. Na ocasião, o time cruz-maltino foi derrotado por 1 a 0.

- Tenho lembranças boas daquele tempo, mas tem essa lembrança também, diferente, pois joguei pelo Vasco, na estreia, ainda sem contrato. Poderia ter acontecido algo e encerrado a carreira ali (risos). Na época, vim para o Rio e me ligaram, queriam que eu conhecesse logo o grupo. Ai viajei para essa excursão. Era outro tempo, passaram muitos anos - lembrou o Reizinho.

Os tempos mudaram. Naquele tempo, Juninho juntava-se a um grupo que tinha o zagueiro Ricardo Rocha como líder do time e alguns talentos ainda em busca de sucesso, como Yan, Gian e o próprio Carlos Germano.

Juninho retornou ao Vasco para encerrar a carreira, aos 38 anos (Foto: Cleber Mendes)


Agora, 18 anos depois, o Reizinho é visto como a principal referência para um grupo em formação, com muitos atletas jovens e outros ainda em busca de um lugar ao sol.

Juninho tem tudo para reestrear pelo Vasco neste domingo, contra o Fluminense. Nesta sexta-feira, o técnico Dorival Júnior vai conceder entrevista coletiva e deverá confirmar o time que mandará a campo. O Reizinho tem treinado entre os titulares.

Nesta sexta-feira, 19 de julho, Juninho Pernambucano deverá ter confirmada sua reestreia pelo Vasco, justamente no dia em que completa exatos 18 anos que vestiu a camisa cruz-maltina pela primeira vez. Se hoje o Reizinho vive a expectativa por escrever os últimos capítulos de sua vitoriosa história, naquela ocasião, ele ainda entrava em campo como mero plebeu, sem contrato assinado e eufórico pela chance de defender o Gigante da Colina.

Contratado junto ao Sport, Juninho chegou ao Rio de Janeiro em julho de 1995. Mas logo recebeu um pedido para viajar até Natal e encontrar com o restante do grupo vascaíno, que fazia uma excursão pelo Norte e pelo Nordeste do país, algo bastante comum naquela época.

Juninho, então com apenas 20 anos, atendeu ao pedido e disputou seguidos amistosos pelo Vasco. Mas, curiosamente, ainda sequer havia assinado contrato com o clube. Isso aconteceu somente semanas depois, ao fim da excursão.

A estreia de Juninho, no dia 19 de julho de 1995, foi contra o Corinthians de Caicó, em Natal. Na ocasião, o time cruz-maltino foi derrotado por 1 a 0.

- Tenho lembranças boas daquele tempo, mas tem essa lembrança também, diferente, pois joguei pelo Vasco, na estreia, ainda sem contrato. Poderia ter acontecido algo e encerrado a carreira ali (risos). Na época, vim para o Rio e me ligaram, queriam que eu conhecesse logo o grupo. Ai viajei para essa excursão. Era outro tempo, passaram muitos anos - lembrou o Reizinho.

Os tempos mudaram. Naquele tempo, Juninho juntava-se a um grupo que tinha o zagueiro Ricardo Rocha como líder do time e alguns talentos ainda em busca de sucesso, como Yan, Gian e o próprio Carlos Germano.

Juninho retornou ao Vasco para encerrar a carreira, aos 38 anos (Foto: Cleber Mendes)


Agora, 18 anos depois, o Reizinho é visto como a principal referência para um grupo em formação, com muitos atletas jovens e outros ainda em busca de um lugar ao sol.

Juninho tem tudo para reestrear pelo Vasco neste domingo, contra o Fluminense. Nesta sexta-feira, o técnico Dorival Júnior vai conceder entrevista coletiva e deverá confirmar o time que mandará a campo. O Reizinho tem treinado entre os titulares.