icons.title signature.placeholder Michel Castellar
25/02/2015
07:00

Após uma conversa, com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o prefeito do Rio, Eduardo Paes, aceitou assumir algumas obrigações ainda sem "dono" na organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. O político vai arcar com os custos do sistema de ar-condicionado, tratamento térmico e isolamento acústico do Centro de Convenções Riocentro, além da adequação da Arena HSBC, ambos os equipamentos em Jacarepaguá, na Zona Oeste.

Os dois equipamentos são da prefeitura do Rio mas estão arrendados pela GL Events. E, para evitar o uso de recursos públicos, a intenção do prefeito carioca é propor à empresa francesa que ela realize as obras, em troca do aumento do prazo de concessão.

Palco das disputas das modalidades de ginástica e do basquete em cadeiras de rodas, a arena terá seu prazo de concessão terminado em junho de 2016. Já o Riocentro, que receberá um total de sete modalidades nos Jogos, tem vínculo até 2056.

Em 2012, Paes fez um acordo semelhante com a GL Events para deixar de pagar o aluguel pelo uso do Riocentro na Copa de 2014. Em troca, permitiu que a empresa erguesse um hotel no terreno do centro de convenções, que não ficou pronto.

Ao assumir essas responsabilidades, a prefeitura adotou a mesma postura do governo federal. A União já aceitou investir cerca de R$ 600 milhões dentro das obrigações que foram repassadas pelo Comitê Organizador Rio-2016 aos entes públicos.

Essas obrigações passadas pelo Comitê Rio-2016 teve por objetivo zerar o déficit da entidade, além de impedir a utilização de recursos públicos em seu orçamento. Os governos federal, estadual e municipal concordaram em dividir as obrigações e aproveitam a nova reunião de avaliação da Comissão de Coordenação do COI para os Jogos do Rio, que termina nesta quarta-feira, para sancionarem as decisões.

Cidade do Samba será usada nos Jogos

O prefeito do Rio informou que a Cidade do Samba, local onde as escolas de samba do grupo Especial preparam suas alegorias e fantasias, será utilizada nos Jogos de 2016. Dois galpões do local vão abrigar os Centros de Distribuição de Uniformes, além do Centro de Credenciamento. 

[[GAL:LANPGL20150223_0006]]