icons.title signature.placeholder Lucas Pedrosa
17/02/2015
20:02

Após o temporal que caiu no Ninho do Urubu, que obrigou o técnico Vanderlei Luxemburgo a suspender o treinamento desta terça-feira, o meia Everton concedeu entrevista coletiva no local. Remanescente do ano passado, quando o Flamengo passou a maior parte da temporada brigando contra a zona de rebaixamento, Everton afirmou enxergar uma mudança positiva na equipe, e analisou a diferença do time de 2014 para o de 2015.

- O time evoluiu. Tivemos tempo de treinar na pré-temporada. Ano passado, pela circustância que foi de brigar na parte de baixo da tabela, a gente atuava sempre com muita pressão, jogava atras, no contra-ataque. Hoje eu vejo um time diferente, que está marcando lá na frente, que tem a posse de bola, com o Canteros e com o Márcio (Araújo). O professor (Vanderlei Luxemburgo) vem sempre conversando com a gente, essa movimentação na frente também é importante, e nos jogos a gente está fazendo isso bem - analisou o jogador.

ENTROSAMENTO DO ATAQUE
No atual time, o técnico Vanderlei Luxemburgo opta por um esquema com três atacantes. Nixon pela direita, Everton pela esquerda e Marcelo Cirino mais centralizado, porém, sempre se movimentando. Questionado sobre o entrosamento junto aos companheiros, o meia do Flamengo crê que ainda pode melhorar.

- O começo sempre é dificil, faz parte da temporada. Marcelo está chegando agora, mas começou bem nos jogos, começou fazendo gols e sabemos da importância dele para o time. O Nixon, que desde o final do ano passdo, no Brasileiro, vem jogando bem, vem conseguindo jogar, fazer gols, então acho que estamos em com um bom entrosamento.

TEMPORAL NO NINHO 
Na atividade desta terça-feira, caiu uma chuva forte, que impossibilitou a continuação do treino do Flamengo, com duração de apenas 15 minutos. Assustado com a chuva, Everton brincou com o fato. O jogador disse que, se o temporal tivesse dado uma trégua, Luxa já estava preparado para chamá-los para campo de novo, mas valorizou o cuidado que o treinador tem com suas atletas.

- Assustou (risos). Só sei a hora que o Luxemburgo falou para gente ir para o vestiário. Ele sempre tem essa preocupação com a gente, quando começa a chover bastante. Fomos até para a musculação, e ele disse que se a chuva abaixasse um pouquinho, era para gente voltar. Estavamos preparado para voltar para o coletivo, mas como a chuva não passou... - disse o jogador, em tom descontraído.

Na vice-liderança do Campeonato Carioca, com 10 pontos, o Flamengo vai até o Maracanã, na próxima quinta-feira, enfrentar o Boavista. O jogo acontece pela quinta rodada do Estadual 2015, às 19h30.