icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
08/11/2013
13:18

Como parte das comemorações pela marca de mil dias dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, neste sábado, foi inaugurado nesta sexta-feira o mirante do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Durante o evento, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, alfinetou os críticos do evento esportivo, que alegam que o cronograma de obras está atrasado. Além do alto custo para a realização da Olimpíada.

- Mais uma vez os urubus vão se frustrar com o sucesso dos Jogos. É papel da imprensa cobrar e fiscalizar, e ela tem feito isso. Mas os que torcem contra vão dar com a cara na porta, vão se ferrar. Barcelona (palco dos Jogos de 1992) vai ficar no chinelo - disse Paes, ao lado do governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, do presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, e outros dirigentes.

Esta foi a primeira visita de autoridades ao Parque Olímpico. A obra começou no dia 6 de julho de 2012. Das instalações previstas para o local, apenas o Centro de Tênis já começou a ser erguido. Estão na fase de implantação das estacas as obras do Centro Internacional de Transmissão (IBC), do Centro Principal de Imprensa (MPC) e dos três pavilhões esportivos que, após os Jogos, farão parte do Centro Olímpico de Treinamento (COT). No primeiro semestre de 2014 começarão a ser erguidas as demais instalações esportivas do Parque Olímpico: Velódromo, Centro Aquático e Arena de Handebol.

Para construir o Mirante de nove metros de altura, a concessionária Rio Mais reaproveitou parte da estrutura das arquibancadas do antigo Autódromo Nelson Piquet. No futuro, o local fará parte de um circuito de visitas guiadas voltado para estudantes, visitantes brasileiros e estrangeiros, autoridades e cariocas em geral.

Mais cedo, Paes e Cabral acionaram a primeira detonação de rochas para a perfuração do túnel do BRT Transolímpica, na  Serra do Engenho Velho. Com 23 quilômetros de extensão ligando a Barra da Tijuca à Deodoro, o corredor exclusivo de ônibus terá 18 estações e dois terminais de passageiros.