icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
14:42

A Alemanha confirmou toda sua soberania sobre o futebol feminino europeu ao vencer a Noruega por 1 a 0 na final da Eurocopa da Suécia, graças a gol de Mittag. O destaque, porém, foi a goleira Nadine Angerer, que defendeu dois pênaltis, um em cada tempo, garantindo o sexto triunfo alemão seguido na competição.

No total, a Alemanha tem oito dos últimos nove títulos. Foram 11 edições, com a Suécia ganhando o primeiro torneio, em 1984. A Noruega é bicampeão, sendo a última a vencer o torneio sem ser as alemãs, em 1993.

Nesta edição, porém, as norueguesas não conseguiram destronar a Alemanha, apesar de terem feito uma campanha animadora no caminho para a final. A experiência das campeãs, além da goleira e capitã Angerer fizeram a diferença e o troféu permanece com as alemãs.

A Alemanha confirmou toda sua soberania sobre o futebol feminino europeu ao vencer a Noruega por 1 a 0 na final da Eurocopa da Suécia, graças a gol de Mittag. O destaque, porém, foi a goleira Nadine Angerer, que defendeu dois pênaltis, um em cada tempo, garantindo o sexto triunfo alemão seguido na competição.

No total, a Alemanha tem oito dos últimos nove títulos. Foram 11 edições, com a Suécia ganhando o primeiro torneio, em 1984. A Noruega é bicampeão, sendo a última a vencer o torneio sem ser as alemãs, em 1993.

Nesta edição, porém, as norueguesas não conseguiram destronar a Alemanha, apesar de terem feito uma campanha animadora no caminho para a final. A experiência das campeãs, além da goleira e capitã Angerer fizeram a diferença e o troféu permanece com as alemãs.