icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
19/11/2014
23:33

Seis anos após ter deixado o Vasco, Eurico Miranda voltou a ser o centro da atenções na sede náutica da Lagoa, na noite desta quarta-feira. O presidente foi aprovado por 190 votos a 26 pelos membros do Conselho Deliberativo. Desta forma, o candidato da chapa "Volta Vasco, Volta Eurico" está confirmado como futuro mandatário do clube para o triênio 2014-2017. A posse será no dia 2º de dezembro, um dia após do cronograma, por motivos operacionais.

Os cargos eletivos também foram referendados nesta quarta. Luis Manuel Fernandes é o presidente do Conselho Deliberativo e terá Sérgio Frias como vice. Daniel Giglio Cerqueira será o 1º secretário e José Carlos de Araújo Carvalho o 2º secretário. No Conselho Fiscal, Otto Alves de Carvalho Júnior foi aprovado como presidente e Rafael Landa como vice. A chapa "Sempre Vasco", de Julio Brant, indicou  Diego Henrique Carvalho para ser o terceiro membro, como prevê o estatuto do clube.

A reunião começou atrasada, por volta das 21h, e quem iniciou a votação foram o presidente e vice da Assembleia Geral,  Itamar Ribeiro de Carvalho e Jaime Loureiro Nobre Baptista, eleitos pela chapa "Volta Vasco, Volta Eurico" no pleito da semana passada. A primeira votação foi para a presidência do Conselho Deliberativo.

A chapa de Eurico indicou Luis Manuel Fernandes (presidente), Sérgio Frias (vice-presidente), Daniel Giglio Cerqueira (1º secretário) e José Carlos de Araújo Carvalho (2º secretário. Já o grupo de Julio indicou João Ernesto Costa Ferreira (presidente), João Marcos Gomes de Amorim (vice-presidente), Marcelo Augusto Camacho Rocha (1º secretário) e Renato Cicero Freire Brito Neto (1º secretário). Os primeiros venceram por 195 a 27.

- Já ocupei e ocupo diferentes cargos e funções públicas. Sou professor da PUC-RJ e da UFRJ, fui secretário do Ministério de Ciência e Tecnologia, presidente do banco Fineb e hoje sou secretário do Ministério do Esporte . Coordenei a organização da Copa do Mundo e agora coordeno os Jogos Olímpicos. Mas nenhum destes cargos e funções tem a importância e o valor como o deste que acabei de ser eleito - disse Luis Manuel Rebelo, novo presidente do Conselho Deliberativo.

Logo em seguida foi a vez da eleição para o Conselho Fiscal. Os indicados por Eurico foram Otto Alves de Carvalho Júnior para a presidência e Rafael Landa para vice. Julio escolheu Diego Henrique Carvalho e Christiano Luiz Marques, mas como perderam por 192 a 26, apenas Diego fará parte da pasta. José Dolabela Portela, Guilherme Loureiro Nobre Baptista e Ricardo Seixas Figueiredo serão os suplentes.

Por último, foi a vez da votação para a diretoria administrativa. De um lado, Eurico Miranda (presidente), Fernando Horta (1º vice) e Silvio Godoi (2º vice). Do outro, Julio Brant (presidente), Leonardo Gonçalves (1º vice) e Eduardo Nery (2º vice). A chapa do futuro presidente venceu com vantagem (veja acima).

O presidente Roberto Dinamite acompanhou por cerca de uma hora a reunião e depois deixou a sede náutica Às 22h10. Luis Manuel Fernandes anunciou que ele sairia mais cedo pois acabara de chegar de Brasília e os conselheiros o aplaudiram timidamente. Antes de sair, cumprimentou Eurico e Julio Brant.