icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
08/03/2014
06:00

A possibilidade de os “mensaleiros” não estarem aptos a participar do processo eleitoral vascaíno estaria tirando o sono de Eurico Miranda. O presidente do Conselho de Beneméritos e um dos pré-candidatos no próximo pleito presidencial esteve em São Januário na última quinta-feira em uma tentativa de adiar a reunião da junta eleitoral, que acontece no próximo dia 17. A convocação, inclusive, pode acontecer segunda-feira, quando Olavo Monteiro de Carvalho, presidente de Assembleia Geral, voltaria de viagem.

A apreensão de Eurico se deve a possibilidade de o encontro começar a alinhavar e definir alguns pontos do processo eleitoral, o que poderia atrapalhar o envolvimento dos “mensaleiros” no pleito, fazendo com que não houvesse tempo hábil para que a situação destes fosse totalmente regularizada.

Segundo o LANCE! apurou, Eurico teria conversado pessoalmente com Antônio Peralta, vice-presidente geral, e por telefone com José Carlos Osório, Grande Benemérito, mas em ambas as tentativas recebeu resposta negativa.

Durante a visita à Colina, Eurico teria contestado um funcionário da secretaria do clube em relação ao documento de convocação e a data da reunião, mas foi repreendido por um benemérito que estava no local e mostrou a Eurico que estava tudo dentro do previsto para que a eleição ocorra sem problema.

Visando a aprovação dos nomes, Eurico chegou, inclusive, a fazer uma aliança com Dinamite em relação ao balanço de 2012.