icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
19:25

Um ato público contra a decisão do STJD de rebaixar a Portuguesa à Serie B do Campeonato Brasileiro está sendo organizado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. O evento, que teve iniciativa do deputado Fernando Capez, luta, nas palavras do próprio idealizador, “por ética e moralidade no futebol”.

O imbróglio protagonizado por Portuguesa, CBF e STJD desde o fim do ano passado encontra-se “parado” atualmente. Após prometer entrar na Justiça Comum contra a decisão que culminou em seu rebaixamento, a Lusa segue estudando o caso. Pressionada até mesmo pela Fifa, a entidade máxima do futebol brasileiro ameaça a diretoria lusitana de desfiliar o clube caso haja briga judicial.

No último dia 16 de dezembro, o Justiça Desportiva condenou a Portuguesa à perda de quatro pontos conquistados no Brasileirão devido à escalação irregular do meia Héverton. Tal punição ocasionou o rebaixamento da equipe. Após a Lusa entrar com recurso, o STJD reafirmou sua decisão no dia 27 de dezembro, sacramentando a queda do clube à Série B.

O ato público liderado por Capez está previsto para acontecer no próximo dia 9, no Plenário Paulo Kobayashi, no Ibirapuera.