icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
08/07/2014
14:34

Apesar do presidente Carlos Miguel Aidar ter o desejo que Kaká faça sua estreia no dia 19 de julho, contra a Chapecoense, pelo Brasileirão, no Morumbi, ainda não se pode prever uma data para que o jogador vista a camisa tricolor novamente em jogos oficiais.

O meia, que foi apresentado no São Paulo no último domingo, tem feito trabalhos físicos em dois períodos no CT da Barra Funda sob supervisão dos preparadores Zé Mário Campeiz e Sérgio Rocha.

A avaliação do atleta feita pelos profissionais é boa. Zé Mário elogiou a disposição de Kaká nos primeiros treinos e explicou que eles estão aumentando gradativamente a carga de trabalho do meia. O preparador físico do tricolor disse, porém, que é preciso ter cautela quanto a reestreia, mas revelou que Kaká deve iniciar os trabalhos com bola junto com o grupo na próxima semana.

- Estamos cuidando dessa parte muscular. A gente acredita que até semana que vem ele vai começar os trabalhos com o grupo, com bola. A partir dai, vamos sentir como ele se encontra, esperar o feedback dele, para que ele possa entrar em suas melhores condições – disse, ao LANCE!Net.

Quanto ao desejo do presidente do São Paulo de lotar o Morumbi no dia 19 para a entrada de Kaká em campo, Zé Mário acredita que seja cedo para estabelecer uma data, uma vez que toda a comissão técnica quer que o meia não tenha problemas até o fim deste ano.

- Temos que esperar a resposta dele com os trabalhos em campo. É preciso ver também a avaliação que o Muricy vai fazer também para que a gente não corra nenhum risco. Não queremos o Kaká por um jogo. Queremos o Kaká até o fim, disputando todas as competições em alto nível – completou.

A última vez que Kaká entrou em campo foi no dia 18 de maio, na vitória do Milan sobre o Sassuolo, por 2 a 1, pela última rodada do Campeonato Italiano. O jogador, que foi comprado pelo Orlando City, ficará por empréstimo no São Paulo até o fim da temporada.