icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/02/2015
20:31

Invicto em 2015 e líder do Grupo D com oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Santos volta ao Pacaembu neste domingo. A equipe encara o Linense na capital paulista uma semana depois de vencer a Portuguesa por 3 a 1 no estádio, mas desta vez como mandante. E com uma novidade: o colombiano Valencia estreará com a camisa alvinegra.

O volante é o único dos sete reforços do Peixe para essa temporada que ainda não jogou. Contratado em janeiro, ele vinha aprimorando o condicionamento físico e agora tenta ganhar a concorrência dos jovens Leandrinho e Lucas Otávio e se firmar como substituto de Alison, que machucou o joelho direito e só voltará a campo no segundo semestre.

No restante, o Santos não deve ter novidades. David Braz, que não treinou durante a semana por conta de bolhas no pé, deve ir para o jogo. Já Gabigol segue como opção no banco de reservas.

Do outro lado, depois de perder para o Corinthians no meio de semana, em casa, o Linense tenta se recuperar. Embora distante do Palmeiras, líder do Grupo C, o time de Lins está com seis pontos, apenas três a menos que a Portuguesa, segunda colocada da chave.

Para enfrentar o Peixe, o técnico Luciano Quadros não fez mistério e deve mandar a campo o mesmo time que perdeu para o Corinthians por 2 a 0 na quarta-feira. Apesar do aproveitamento de apenas 33,3% dos pontos após seis rodadas, o comandante do Elefante mostra otimismo.

– Estamos começando a crescer tecnicamente na competição e isso nos dá esperanças de embalar do meio para o final do Paulistão – afirmou após o tropeço para o Timão.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X LINENSE

Data: 1/3, às 18h30.
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Douglas Marques das Flores.
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Fernando Afonso Gonçalves de Melo.

SANTOS: Vanderlei, Cicinho, Werley, David Braz (Gustavo Henrique) e Victor Ferraz; Valencia, Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho e Ricardo Oliveira. Técnico: Enderson Moreira.

LINENSE: Anderson; Bruno Moura, Adalberto, Álvaro e Igor; Moisés Ribeiro, Memo, Clébson e Gilsinho; William Pottker e Diego. Técnico: Luciano Quadros.