icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
13:39

O Newell's Old Boys perdeu mais do que a chance de disputar a terceira final de Copa Libertadores. Saiu do Independência, em Belo Horizonte, com o choro da eliminação e as dores de três de seus jogadores. O primeiro deles foi Heinze, que até deixou o gramado. Depois foi a vez de Guzmán e Cáceres sentirem lesões.

O 'Gringo' não conseguiu suportar o primeiro tempo do jogo e foi substituído por Lopez antes do intervalo. E ainda nos primeiros 45 minutos de partida, a torção no joelho direito do veterano zagueiro foi seguida por uma fratura noo septo do goleiro leproso, após choque com Diego Tardelli. Guzmán, porém, continuou no gol até a cobrança de pênaltis.

O último da lista do Departamento Médico do Newell's foi o lateral-direito Cáceres, que sofreu uma 'sobrecarga muscular'. O jogador foi um dos que erraram cobranças de pênalti, ajudando o Atlético a se classificar para a final da Copa Libertadores.

Newell's Old Boys: Não foi um ano perdido

O Newell's Old Boys perdeu mais do que a chance de disputar a terceira final de Copa Libertadores. Saiu do Independência, em Belo Horizonte, com o choro da eliminação e as dores de três de seus jogadores. O primeiro deles foi Heinze, que até deixou o gramado. Depois foi a vez de Guzmán e Cáceres sentirem lesões.

O 'Gringo' não conseguiu suportar o primeiro tempo do jogo e foi substituído por Lopez antes do intervalo. E ainda nos primeiros 45 minutos de partida, a torção no joelho direito do veterano zagueiro foi seguida por uma fratura noo septo do goleiro leproso, após choque com Diego Tardelli. Guzmán, porém, continuou no gol até a cobrança de pênaltis.

O último da lista do Departamento Médico do Newell's foi o lateral-direito Cáceres, que sofreu uma 'sobrecarga muscular'. O jogador foi um dos que erraram cobranças de pênalti, ajudando o Atlético a se classificar para a final da Copa Libertadores.

Newell's Old Boys: Não foi um ano perdido