icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni
25/04/2014
14:06

Para quem acha que ser treinador de uma equipe profissional se resume a treinamentos e jogos, saiba que você está desatualizado do atual estágio da profissão. É isso que Mano Menezes deixou claro na entrevista exclusiva concedida ao LANCE!Net.

O atual comandante do Corinthians lembrou que disputar os 90 minutos e trabalhar dentro de campo no dia a dia são apenas detalhes diante de tudo que cerca a profissão, de tudo que se deve tomar conta para que o ambiente seja bom e a equipe tenha chance de sucesso.

- Agregado ao trabalho do técnico, cada vez você tem mais questões paralelas para administrar, que tornam quase impossível a vida de um técnico. Eu falo que estão exigindo que os técnicos sejam super-homens. Você precisa dirigir, conhecer bem seu trabalho, ter a capacidade de gerenciar outras questões, precisa se comunicar bem, enxergar e aceitar o que está falando, precisa ser equilibrado emocionalmente...- afirmou.

- Você acaba vendo muitos novos profissionais ficando entre as primeiras oportunidades e a afirmação definitiva para os grandes clubes brasileiros. Se olharmos para o lado veremos vários nomes que há algum tempo vêm muito próximo disso, fazem um bom trabalho, mas depois patinam. Esse aspecto está inserido dentro da carreira do técnico hoje - completou o treinador, sem citar nomes dos treinadores que surgiram bem e não conseguiram se manter no cargo e/ou conquistar grandes títulos.

Desde que voltou ao Parque São Jorge, Mano Menezes teve de coordenar uma verdadeira revolução no elenco mais vitorioso da história do clube, além de trabalhar a cabeça de jovens como Luciano e Romarinho. Isso sem falar em decisões tomadas em relação a treinos na Arena Corinthians e novas contratações para qualificar o elenco que disputará o Brasileirão e a Copa do Brasil.

Mano pede calma na reformulação e prevê título próximo