icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/06/2014
22:08

O enterro e toda as cerimônias para velar o corpo de Fernandão aconteceram em Goiânia, na cidade natal do ex-atacante, no berço de seu nascimento para o futebol, no Goiás. Mas a família do ídolo do Internacional não esqueceu o apoio recebido pelos gaúchos, especialmente os colorados, que criaram um memorial espontaneamente no Beira-Rio para se despedir do eterno capitão.

A esposa do ex-jogador, Fernanda, deixou uma mensagem em sua página no Facebook para agradecer ao apoio dado pelos colorados após o falecimento do ídolo, que morreu em acidente de helicóptero na madrugada de sábado, em Aruanã, nas margens do Rio Araguaia.

Confira o texto da esposa do ex-jogador

"OBRIGADO GAÚCHOS!! FERNANDA COSTA, ESPOSA DE FERNANDÃO

Eu e o Fernando nascemos e nos apaixonamos em Goiás. Foi aqui que decidimos construir uma vida juntos e onde escolhemos criar nossos filhos, Enzo e Eloá.
Nos últimos 13 anos vivemos intensamente o nosso amor. Meu marido era um homem movido a desafios e eu o seguia de olhos fechados. Quando Fernando me disse, em 2004, que queria voltar ao Brasil, eu não hesitei em arrumar a bagagem. Várias foram as propostas, mas ele escolheu o Sport Club Internacional e Porto Alegre seria nossa nova casa. Foi amor à primeira vista e, acima de tudo, correspondido.
A torcida colorada nos ganhou desde a chegada à cidade.
O gol 1000 do Gre-Nal era um presságio que Fernando, um homem de certezas e convicções inabaláveis, estava mais uma vez certo.
O resto da história todo mundo sabe.
Fernando foi tudo no Inter: diretor, técnico, jogador e, sempre torcedor. Depois que saímos de Porto Alegre seguimos torcendo pelo Colorado e é por isso que, pouco mais de 48 horas depois da tragédia que abalou nossa família e o mundo do futebol, escrevo essas palavras de agradecimento.
É impossível agradecer individualmente cada uma das mensagens que chegaram de diferentes formas até nossa família. Milhares delas vindas do Rio Grande do Sul.
Obrigada aos colorados que nos acolheram desde o primeiro momento e obrigado também aos gremistas que deram demonstrações de respeito pela figura do adversário.
Obrigada aos torcedores dos clubes do interior e de todo o Brasil que, de diferentes formas, homenagearam meu marido.
A dor, que é imensa para mim, Enzo,Eloá e Thayná, é amenizada pelos afagos quentes que chegam do outono gaúcho. Tudo que Fernando veio fazer, ele fez.
Ele foi embora com o dever cumprido. Como milhares de colorados cantaram para o Fernando "... Nunca te esquecerei...".
Saibam também que ele, lá de cima, e nós aqui em casa nunca nos esqueceremos de vocês. (Fernanda Costa)"