icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
08:36

A esposa do atacante Cristian Benítez acusou o descaso dos médicos pela morte do jogador equatoriano. O atleta tinha 27 anos e morreu após uma parada cardíaca em um hospital do Qatar, onde atuava defendendo o Al Jaish.

- Estivemos mais de duas horas sem receber atenção médica apropriada - denunciou Liseth Chalá à rede de TV ESPN.

Segundo Liseth, ela e o marido se dirigiram a um hospital após Benítez se queixar de fortes dores abdominais. A viúva disse que as primeiras precauções dos médicos foram dar apenas sedativos, que não aliviaram as dores.

Apesar de ainda não ter sido divulgado um diagnóstico oficial sobre a morte do jogador, os familiares de Benítez afirmam que ele deu entrada no hospital com um quadro de peritonite. A doença é uma inflamação da membrana que cobre, por exemplo, as paredes abdominais.

A esposa do atacante Cristian Benítez acusou o descaso dos médicos pela morte do jogador equatoriano. O atleta tinha 27 anos e morreu após uma parada cardíaca em um hospital do Qatar, onde atuava defendendo o Al Jaish.

- Estivemos mais de duas horas sem receber atenção médica apropriada - denunciou Liseth Chalá à rede de TV ESPN.

Segundo Liseth, ela e o marido se dirigiram a um hospital após Benítez se queixar de fortes dores abdominais. A viúva disse que as primeiras precauções dos médicos foram dar apenas sedativos, que não aliviaram as dores.

Apesar de ainda não ter sido divulgado um diagnóstico oficial sobre a morte do jogador, os familiares de Benítez afirmam que ele deu entrada no hospital com um quadro de peritonite. A doença é uma inflamação da membrana que cobre, por exemplo, as paredes abdominais.