icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
16:56

Além de volante, Dedé revelou ser um espião para a Chapecoense. Nascido no interior paulista, mas radicado em Fortaleza, o jogador destacou conhecer bem o Ceará, adversário da Chape nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio Castelão, na partida de volta pela segunda fase da Copa do Brasil.

E MAIS:
> Com 75% de aproveitamento, interino deverá ser efetivado na Chapecoense
> Rangel passa em branco diante do São Paulo, mas garante gols na temporada
> Lesão muscular frustra estreia de Régis pelo Sport

- Descansei nesta terra que eu gostaria de ter nascido e volto agora para uma partida complicada. Conheço bem demais o Ceará e sei da sua força dentro do Castelão, com o apoio da torcida que é fanática. Mas assim como surpreendemos o São Paulo no Morumbi, podemos também conseguir virar a adversidade e classificar aqui em Fortaleza - afirmou.

Na partida de ida, na Arena Condá, o Verdão do Oeste foi derrotado por 2 a 1, o que o obriga a marcar pelo menos duas vezes para sonhar com a vaga na terceira fase da competição. Conforme Dedé, o feito não impossível pois ele está acostumado a enfrentar cada partida como uma decisão:

- Cada partida é uma decisão. Entro para defender minha família. Assim que penso sempre. Jogo por eles. Estou bastante contente com as oportunidades que estão aparecendo. Graças a Deus tenho conseguido ajudar a equipe e confio junto aos meus companheiros que podemos avançar na Copa do Brasil. Vamos jogar para isso.