icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2014
12:38

A saída cada vez mais próxima de seu principal jogador não parece ter abalado Ricardo Gareca. O técnico do Palmeiras disse ter sido comunicado por um dos vice-presidentes do Palmeiras que Valdivia tem grandes chances de ser vendido para o Al Fujairah, dos Emirados Árabes (conforme revelado pelo L!Net), e fez elogios ao camisa 10. Sua preocupação, porém, fica por conta dos jogadores que seguem no grupo, e os que ainda podem ser incorporados.

- O Valdivia tem a possibilidade de sair. O vice-presidente do Palmeiras, Maurício (Precivalle) falou comigo, e disse que ele tem muitas chances de jogar fora - explicou o comandante, em entrevista na Academia de Futebol.

- Se o Valdivia vai embora, vai. Tem que pensar nos jogadores que estão aqui. Lamento por mim, pois é um jogador importantíssimo e que eu não poderei desfrutar, por sua qualidade. Mas se o Valdivia não está no Palmeiras, já deixa de ser preocupação minha. Tenho que me ocupar com os jogadores que tenho - acrescentou.

O Mago nem apareceu para treinar nesta segunda-feira, enquanto acerta os detalhes da transferência de R$ 16,6 milhões. Do valor, o Verdão terá direito a 64%, e a multa de 2 milhões de euros que deve ser paga ao Al-Ain, time do meia nos Emirados entre 2008 e 2010, será arcada pelo próprio Al Fujairah.

Antes da venda do camisa 10, titular nos jogos-treino sob o comando de Gareca, o Palmeiras já buscava dois reforços: um volante com capacidade de sair bem para o ataque (Carlos Carbonero foi uma opção, mas o negócio não vingou), e um centroavante (Facundo Ferreyra é o principal nome, e Lucas Pratto é uma outra opção, mais distante). Sem especificar, o treinador avisou esperar por novidades.

- Vão chegar jogadores, penso eu. Quando, eu não sei. Mas com os que estão aqui, os que vamos usar no começo do Brasileiro e Copa do Brasil, vamos chegar bem para enfrentar o Santos (quinta-feira) - encerrou.