icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
20:20

"Tanto a malária quanto a dengue são transmitidas por mosquitos infectados. No caso da malária, o mosquito (Anopheles) é infectado por um protozoário: o Plasmodium, e o mosquito que transmite a dengue (Aedes aegypti) é infectado por um vírus. A malária é endêmica em algumas regiões da África e também na região norte do Brasil.

Em relação aos sintomas, as duas doenças apresentam febre, dor no corpo, dor de cabeça e tremores. Uma particularidade da malária é que a febre vem por períodos, conhecida como "febre terçã " ou "quartã", que é quando o protozoário rompe a hemácia parasitada e a pessoa sente tremores com febre, calafrios.

Na apresentação clínica, os sintomas das duas doenças podem ser confundidos pois a febre terçã pode não ocorrer em em períodos tão certinhos.

Há quatro tipos de Plasmodium: falciparum, vivax, ovale e malariae. O mais grave é o falciparum, que pode levar até à morte. O diagnóstico da malária é feito com a visualização do parasita no sangue periférico, com uma picadinha no dedo, geralmente.

Quanto ao tratamento, a dengue não tem um tratamento específico, só manutenção clínica do paciente, com hidratação e o tratamento dos sintomas. Já a malária tem tratamento. Por isso, é muito importante o diagnóstico precoce porque uma delas tem tratamento medicamentoso, um remédio específico que deve ser dado para matar o Plasmodium."

Dra Cely Saad Abboud é chefe da Seção Médica de Infectologia do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e da AACD

"Tanto a malária quanto a dengue são transmitidas por mosquitos infectados. No caso da malária, o mosquito (Anopheles) é infectado por um protozoário: o Plasmodium, e o mosquito que transmite a dengue (Aedes aegypti) é infectado por um vírus. A malária é endêmica em algumas regiões da África e também na região norte do Brasil.

Em relação aos sintomas, as duas doenças apresentam febre, dor no corpo, dor de cabeça e tremores. Uma particularidade da malária é que a febre vem por períodos, conhecida como "febre terçã " ou "quartã", que é quando o protozoário rompe a hemácia parasitada e a pessoa sente tremores com febre, calafrios.

Na apresentação clínica, os sintomas das duas doenças podem ser confundidos pois a febre terçã pode não ocorrer em em períodos tão certinhos.

Há quatro tipos de Plasmodium: falciparum, vivax, ovale e malariae. O mais grave é o falciparum, que pode levar até à morte. O diagnóstico da malária é feito com a visualização do parasita no sangue periférico, com uma picadinha no dedo, geralmente.

Quanto ao tratamento, a dengue não tem um tratamento específico, só manutenção clínica do paciente, com hidratação e o tratamento dos sintomas. Já a malária tem tratamento. Por isso, é muito importante o diagnóstico precoce porque uma delas tem tratamento medicamentoso, um remédio específico que deve ser dado para matar o Plasmodium."

Dra Cely Saad Abboud é chefe da Seção Médica de Infectologia do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e da AACD