icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
21:33

João Henrique Chiminazzo
Especialista em direito desportivo

Essa situação do Flamengo com o Renato é bem delicada, porque sou partidário que, no Direito, você tem de respeitar o momento em que as coisas acontecem. Se no momento que o Flamengo disse que o contrato do Renato estava rescindido e não juntou a documentação necessária para a rescisão, entendo que o Renato deveria ter tomado as medidas cabíveis rapidamente.

Como ele não tomou as medidas, acho que agora é um pouco complicado para o jogador entrar com a medida. Principalmente, diante desse pedido de retorno do Flamengo.

A lei não traz prazo, o que deve ser considerado é o bom senso. O Flamengo disse que o jogador estava demitido, passou um bom tempo e o jogador não fez nada para conseguir a liberação. Não sei quais foram as tratativas, mas o Renato não é obrigado a voltar. Ele tem essa faculdade. Mas também acho que ele deveria ter feito algo há um bom tempo.

Os fatos alegados pelo Flamengo não são motivos de rescisão do contrato. Esses problemas são habituais do futebol. Todo jogador reclama quando é substituído e comemora tirando a camisa, não é só o Renato. Isso não traz grande prejuízo ao clube. Então, eles não podem dizer que é uma falta grave para ter o contrato rescindido.

João Henrique Chiminazzo
Especialista em direito desportivo

Essa situação do Flamengo com o Renato é bem delicada, porque sou partidário que, no Direito, você tem de respeitar o momento em que as coisas acontecem. Se no momento que o Flamengo disse que o contrato do Renato estava rescindido e não juntou a documentação necessária para a rescisão, entendo que o Renato deveria ter tomado as medidas cabíveis rapidamente.

Como ele não tomou as medidas, acho que agora é um pouco complicado para o jogador entrar com a medida. Principalmente, diante desse pedido de retorno do Flamengo.

A lei não traz prazo, o que deve ser considerado é o bom senso. O Flamengo disse que o jogador estava demitido, passou um bom tempo e o jogador não fez nada para conseguir a liberação. Não sei quais foram as tratativas, mas o Renato não é obrigado a voltar. Ele tem essa faculdade. Mas também acho que ele deveria ter feito algo há um bom tempo.

Os fatos alegados pelo Flamengo não são motivos de rescisão do contrato. Esses problemas são habituais do futebol. Todo jogador reclama quando é substituído e comemora tirando a camisa, não é só o Renato. Isso não traz grande prejuízo ao clube. Então, eles não podem dizer que é uma falta grave para ter o contrato rescindido.