icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
13:40

Contratar jogadores estrangeiros virou mania entre os clubes brasileiros nos últimos anos, principalmente graças ao sucesso de atletas Conca e Seedorf, por exemplo. Entre as 20 equipes da Série A do Campeonato Brasileiro além do Vasco, o número de gringos passou de 45 do início de fevereiro para 52 no momento. O aumento no limite de estrangeiros que podem ser inscritos em partidas de competições nacionais – de três para cinco desde o início desta temporada – também segue sendo bem aproveitado.

Palmeiras (seis), Grêmio (cinco), Corinthians, Vasco e Vitória, estes com quatro, são, no momento, os times com mais estrangeiros em seus respectivos elencos. O Alviverde contava com quatro, mas fechou com o técnico argentino Ricardo Gareca, e, após indicações dele, chegaram os seus compatriotas Tobio e Mouche. O Verdão não teria problema para relacionar todos, mas Valdivia, até então acertado com o Al Fujairah (EAU), acabou retornando. E olha que Maxi Morález, Facundo Ferreyra e Pratto seguem na mira...

A liderança desse ranking no início do ano era dividida por Grêmio e Botafogo, ambos com cinco. O Tricolor gaúcho emprestou o zagueiro Canavésio ao Sarmiento (ARG), mas contratou o lateral-direito Matías Rodriguez, vindo da Atalanta (ITA), enquanto o Alvinegro cedeu o zagueiro Mario Risso ao Náutico e negociou Lodeiro com o Corinthians, ficando, por ora, com três. A tendência é que em breve sejam quatro, pois Cachito Ramírez, do Timão, está próximo de ser anunciado pelo clube carioca.

A argentina tem 20 jogadores entre os 21 clubes citados, enquanto o Paraguai soma 11, e, fechando esse top-3, o Uruguai aparece com dez. Na sequência estão: Chile, com quatro, Colômbia e Peru, ambos com dois, e, com um, Bolívia e Angola. Apenas o Goiás, entre essas 21 equipes, não conta com estrangeiros em seu elenco.

O atacante Eduardo da Silva, do Flamengo, não entra na lista dos 52 estrangeiros. Ele nasceu no Rio de Janeiro, se naturalizou croata e, portando, tem dupla nacionalidade não contando como estrangeiro.

OS 52 ESTRANGEIROS DOS 20 CLUBES DA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO ALÉM DO VASCO

Atlético-MG Dátolo (M)
Atlético-PR* Lucas Olaza (LE)
Bahia Wilson Pittoni (M), Emanuel Biancucchi (M) e Maxi Biancucchi (A)
Botafogo Bolatti (V), Zeballos (M/A) e Ferreyra (A)
Chapecoense Enrique Meza (Z)
Corinthians Lodeiro e Ramírez (M), Romero e Guerrero (A)
Coritiba Martinuccio (M) e Geraldo (A)
Criciúma Escudero (Z)
Cruzeiro Samudio (LE) e Marcelo Moreno (A)
Figueirense Cereceda (LE/V) e Bruno Fornaroli (A)
Flamengo Cáceres e Canteros (V) e Mugni (M)
Fluminense Valencia (V) e Conca (M)
Internacional Aránguiz (V), D'Alessandro (M) e Luque (A)
Grêmio Matías Rodriguez (LD), Riveros (V), Alán Ruiz e Maxi Rodríguez (M) e Barcos (A)
Palmeiras Victorino e Tobio (Z), Eguren (V), Mendieta, Valdívia e Allione (M) e Mouche (A)
Santos Mena (LE) e Patito Rodríguez (A)
São Paulo* Alvaro Pereira (LE)
Sport Robert Flores (M)
Vasco Martín Silva (G), Guiñazú e Aranda (V) e Montoya (M)
Vitória Junior Fernández (G), Luis Cáceres (V), Escudero e Luis Aguiar (M)

* O meia uruguaio Mirabaje treina com o time B do Atlético-PR. Já o lateral-esquerdo argentino Clemente Rodríguez e o meia argentino Cañete treinam em separado do elenco principal do São Paulo.