icons.title signature.placeholder RODRIGO CERQUEIRA
21/06/2014
14:45

A seleção da Espanha optou por um roteiro gastronômico neste sábado, em Cutiriba, após o treino no CT do Caju. A delegação embarcou no ônibus oficial da Fifa para a Copa do Mundo do Brasil e seguiu para a churrascaria Batel Grill, no bairro Seminário. Na chegada ao local, cerca de 50 pessoas esperavam pelos jogadores. O clima foi de apoio e pedidos de autógrafos, porém, Diego Costa não passou em branco e foi xingado por alguns poucos fãs.

Sem dar atenção aos fãs, os espanhóis entraram na churrascaria, sob escolta das forças de segurança. O único jogador que acenou para os torcedores foi o zagueiro Sergio Ramos, mesmo assim de forma tímida. Rapidamente o local ficou vazio, já que a delegação ocupou uma área restrita e sem acesso do público.

Sergio Ramos recebe o carinho dos torcedores em Curitiba (Foto: Rodrigo Cerqueira)

O jogador mais procurado pelas meninas foi o zagueiro Piqué, do Barcelona. Abriu um pequeno sorriso, e logo seguiu para a área destinada para os jogadores na churrascaria. O técnico Vicente del Bosque foi o primeiro a descer do ônibus e passar pelo tapete vermelho colocado para receber a delegação da Fúria

Alguns espanhóis estavam no local. O clima de frustração pela eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo do Brasil ainda é grande. Alguns torcedores compraram até ingressos para a final esperando ver a Espanha defendendo o título conquistado na África do Sul.

- Comprei ingressos para os três primeiros jogos. E também de uma forma condicional para a final. Volto para a Espanha na semana que vem. Voltaria para o Brasil para ver a final, mas agora acabou tudo. Pelo menos, o prejuízo não foi grande - afirmou o espanhol Sergio Rosa, natural de Albacete.

Mesmo eliminada, a Espanha ainda disputa mais um jogo pelo Grupo B da Copa do Mundo do Brasil. Será na próxima segunda-feira, contra a Austrália, na Arena da Baixada em Curitiba.