icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/03/2014
16:12

A natação brasileira provou, mais uma vez, que é uma das modalidades mais vitoriosas do Brasil. Na primeira semana dos Jogos Sul-Americanos do Chile, os atletas brasileiros conquistaram 37 medalhas no total, sendo 18 de ouro, seis de prata e 13 de bronze, ajudando o País a disparar no quadro geral de medalhas da competição. A seleção teve uma mistura de jovens promessas com nadadores mais conhecidos, o que mostra que estamos mantendo o alto nível e renovando.

Recebi muitas mensagens nas redes sociais perguntando sobre a transmissão dos Jogos. Infelizmente não houve veiculação por nenhuma emissora e não pudemos contar com a torcida nacional nos apoiando e comemorando com o Time Brasil! Independente disso, aproveito para agradecer os veículos de comunicação como o Lance!, por exemplo, que ajudaram a divulgar o Brasil que vence.

Os atletas foram os mais prejudicados com a falta de transmissão dos Jogos Sul-Americanos, pois a visibilidade é fundamental na captação de patrocínio, no retorno aos nossos parceiros e na criação de um vínculo com a torcida brasileira. A veiculação televisa das modalidades olímpicas é imprescindível para que ampliemos nossa cultura esportiva e possamos nos tornar competitivos no maior evento esportivo da história: os Jogos Olímpicos.

Vale lembrar também que, quanto mais eventos transmitidos, mais as crianças terão motivação para praticar outras modalidades esportivas, o que estimula o desenvolvimento infantil e aumenta a nossa chance de termos novos ídolos.

E enquanto as Olimpíadas de 2016 não chegam, cada competição que participamos traçamos um objetivo e nesta o meu foi alcançado: conquistei a medalha de ouro nos 200 m medley, 400 m medley e revezamento 4x200 m livre. A próxima meta já está traçada: alcançar o índice para o Pan-Pacífico, principal competição de 2014. Conto com a torcida de vocês!