icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/06/2014
16:50

Ola pessoal! Mês de maio foi de muitos treinos e pouca competição. Tivemos uma sessão principal de 10 dias com as equipes francesa, finlandesa e sueca na Baía de Guanabara. Fora isto muito treino físico.

A vinda dos gringos ao Rio de Janeiro para treinos é certa nos próximos 2 anos e a chiadeira com as condições de poluição da água da Baía de Guanabara é geral, principalmente em época de Lua Cheia ou Nova, quando a amplitude da maré é maior e após a preamar ou mare alta o lixo é́ lançado na Baía pelas águas. O problema é antigo e o compromisso de saneamento também. Pode ser atenuado ate os Jogos de 2016, mas não será resolvido.

Para nós, velejadores brasileiros, pode ser até uma vantagem, uma vez que estamos acostumados e treinados a tirar lixo do leme e da bolina dos nossos barcos com frequência. Mas para um dos maiores cartões postais do mundo a agonia continuará.

Próxima semana darei uma parada nos treinos da classe Finn e irei disputar o Western Hemisphere Championship, nos Estados Unidos, na classe Star, ao lado do americano Augie Diaz. Será uma oportunidade de velejar novamente na classe que já me deu muitas alegrias.

Próximo grande evento da Finn será o evento-teste, em agosto, na Baía de Guanabara. Todos os principais atletas do planeta já confirmaram participação. Este evento é fechado a dois atletas por país/classe e será um bom teste para a estrutura que esta sendo montada para os Jogos.

Ate a próxima edição. Bons ventos!