icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
14:42

Tibério Barreto, o torcedor que morreu ao cair no fosso do estádio Almeidão no fim do jogo entre Auto Esporte e Souza, no último domingo, era professor de biologia e dava aulas em dois colégios de João Pessoa: o Lyceu Paraibano e Instituto de Educação da Paraíba (IEP). Em memória ao educador, que tinha 41 anos, as duas instituições declararam luto nesta segunda-feira e ainda suspenderam todas as aulas previstas para o dia. Outra manifestação de pesar veio do Auto Esporte, clube pelo qual Tibério torcia, que decretou luto de sete dias.

O professor de biologia caiu no fosso que separa a arquibancada do campo ao comemorar o gol de empate do Auto, marcado pelo lateral-direito Gustavo, aos 46 minutos do segundo tempo – o jogo terminou e 1 a 1 e foi válido pela 13ª rodada do Campeonato Paraibano. Tibério recebeu os primeiros atendimentos ainda no estádio, foi levado ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, submetido a uma traqueostomia – para ter a respiração facilitada –, mas não resistiu.

Tibério, conhecido por ser um professor muito querido, foi homenageado pelo Auto Esporte, através de uma nota de pesar no site oficial do clube. O seu corpo será enterrado no Cemitério Senhor da Boa Sentença, no bairro do Varadouro, na capital paraibana, às 17h desta segunda.

Auto Esporte lamentou a morte de Tibério em nota oficial (Foto: Reprodução)

O Almeidão voltará a receber jogos pelo Campeonato Paraibano neste domingo. E serão logo dois, ambos válidos pela 14ª rodada, no mesmo dia. A partir das 15h30, Santa Cruz-PB e Sport Campina se enfrentarão, enquanto CSP, o novo líder do Estadual, receberá o vice-líder Auto Esporte às 18h15.