icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
18:09

As escolas de samba que usaram o futebol como tema no Grupo Especial do Carnaval de São Paulo não tiveram sorte na apuração dos votos, feita na tarde desta terça-feira no Sambódromo do Anhembi. A Leandro de Itaquera, que fez desfile sobre a Copa do Mundo, acabou rebaixada para o Grupo de Acesso, enquanto a Gaviões da Fiel, que homenageou o ex-jogador Ronaldo, ficou no meio da tabela.

Localizada na mesma região que abriga a Arena Corinthians, palco da abertura do Mundial de 2014, a Leandro fracassou nos quesitos evolução fantasia e somou apenas 266,4 pontos para ocupar a última colocação do Grupo de Acesso. O desfile "Ginga Brasil", com alusões à história e à próxima edição da Copa, aconteceu debaixo de chuva de granizo na madrugada de sábado para domingo. A Pérola Negra foi a outra escola rebaixada.

Com relação estremecida com o time após a invasão ao CT Joaquim Grava em 1º de fevereiro, a Gaviões da Fiel viu a aposta em Ronaldo não render resultados. O Fenômeno foi o protagonista da escola corintiana ao desfilar vestido com um terno dourado e ouvir sua história de vida e carreira na avenida. A apuração, no entanto, deixou a Gaviões apenas na décima posição com 268 pontos.

A edição de 2014 do Carnaval teve a Mocidade Alegre, que falou sobre fé e religão, como campeã. Outra escola relacionada ao futebol, a Dragões da Real terminou a apuração na quinta colocação com 269,1 pontos. Os são-paulinos falaram sobre as expressões culturais nas décadas de 1970 e 1980. Já Mancha Verde, vinculada à torcida do Palmeiras, conquistou o acesso para o Grupo Especial.