icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
13/02/2015
21:56

Fabiano de Paula (Estácio), número 216 do ranking e atleta da equipe Tennis Route, do Rio de Janeiro, estreia nesta sábado no qualificatório do Rio Open, torneio ATP 500 e maior competição da América do Sul com R$ 1,4 milhão em premiação. O adversário será definido no fim desta noite e a programação começa às 10h com entrada gratuita no Jockey Club do Rio de Janeiro.



Nesta sexta-feira, o tenista número quatro do país lançou a Escola de Tênis Fabiano de Paula no Parque Ecológico ao lado da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, onde nasceu e mora até hoje. A escolinha é voltada para jovens e crianças de 4 até 14 anos e atenderá cerca de 200 crianças em dois turnos, das 8h até 11h e 14h até 17h: "Vou poder ajudar as crianças a terem um futuro melhor, a escolher o caminho longe da violência. Fico ainda mais feliz de ter o projeto com o meu nome. Vou procurar estar perto das crianças para passar a experiência e ensinar um pouquinho do que aprendi no tênis", disse Fabiano.

 

A inauguração contou com as presenças de Luiz Fernando de Souza, o Pezão, governador do estado do Rio de Janeiro e do Secretário de Esportes, Marco Antonio Cabral, além da número 1 do feminino no Brasil, Teliana Pereira.

 

Nesta sexta-feira, Daniel Szczupak, atleta da Tennis Route, faturou o título de duplas da categoria 14 anos da etapa de Cochabamba, na Bolívia, do circuito Cosat, da América do Sul. Ele e Mateus Queiroz superaram os cabeças de chave 4, os argentinos Juan Manuel Cerundolo e Sean Hess por 6/2 6/1. Em simples ele foi superado nas quartas de final.

 

A Tennis Route, idealizada por Rogério Melzi tem a coordenação administrativa de Miguel Tepedino e técnica dos sócios, Eduardo "Duda" Matos, João Zwetsch e Walter "Gringo" Preidkman, contando com cerca de 20 atletas entre eles Guilherme Clezar, Fabiano de Paula, Thiago Monteiro e Marcelo Demoliner. A Academia, que está situada no Rio de Janeiro, no Recreio dos Bandeirantes em anexo ao hotel Atlântico Sul, é patrocinada pelas empresas Estácio, Oi, Unimed, Pró-Tênis Barra e Bichara Advogados além do staff citado acima, conta com treinadores assistentes, rebatedores, preparador físico, e fisioterapeutas e de suporte nas áreas de medicina esportiva, psicologia, e nutrição. A infraestrutura segue recebendo investimentos em melhorias com o objetivo de tornar o ambiente cada vez mais propício ao desenvolvimento do esporte. E, falando em ambiente, o clima entre os atletas, membros da equipe, patrocinadores, e apoiadores, segue como um dos pontos fortes desse projeto que cada vez mais ocupa seu espaço no tênis brasileiro.