icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
19:14

No último domingo, Anderson Silva, o secretário de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e presidente da Suderj, Andre Lazaroni e o vice-governador do Estado Luiz Fernando Pezão inauguraram a primeira escolinha de artes marciais do ex-campeão do UFC, na Rocinha. Mais de 200 pessoas, crianças e jovens de 7 a 17 anos, aprenderão técnicas de Muay Thai (boxe tailandês), ataque, defesa e também noções de disciplina física e mental. A escolinha localizada no Complexo Olímpico da Rocinha, da SEEL, contará com professores da equipe de Anderson Silva e também da comunidade. O Secretário aproveitou para anunciar que novas escolinhas podem vir no futuro.

- Esta é a primeira, poderão vir outras. O Anderson Silva representa exemplo de superação e cidadania. Muitos aqui podem ser atletas de sucesso, mas mesmo os que não seguirem a carreira serão cidadãos melhores. E esse é o objetivo da secretaria de Esporte e Lazer. Fico feliz por realizar o antigo sonho de ter uma escolinha do Spider na Rocinha. Ele tem uma história parecida com essas crianças - comentou Lazaroni.

A escolinha tem o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer através da Lei Pelé - que prevê o incentivo ao esporte para estudantes, menores carentes e atletas de alto rendimento. Contente com a "realização de um sonho", Spider comentou o sentimento de poder participar da escola.

Anderson Silvas tira foto com fãs na Rocinha (FOTO: Marcelo Santos/SEEL)

- Estou muito orgulhoso de estar aqui realizando um sonho! Queria ter feito, mas não consegui. Agora é real, posso trazer um pouco de mim para cada um deles - afirmou o atleta que recebeu, recentemente, o título de Embaixador do Taekwondo no Brasil pela Confederação Brasileira de Taekwondo.

Também presente no evento, o lutador Marcos Paulo, 19 anos, que disputará a Copa Titanium de Muay Thai, disse estar feliz com o projeto.

- Esse projeto esportivo mudou minha vida. Hoje eu sou um atleta que pode ir mais longe. O esporte salva a vida de muitos jovens das comunidades - declarou.

Professor do projeto, Diogo Silva reitera a importância do esporte para as crianças. Segundo ele, após a criação da academia, os alunos melhoraram o comportamento no dia a dia.

- As crianças daqui melhoraram o rendimento escolar e comportamento em casa, temos crianças aqui que podem ser atletas de sucesso no futuro - disse o professor.